MAPA capacita agroindústrias do Sul de SC para conquistar o selo do Sistema Brasileiro de Inspeção

As empresas que possuem o selo do Sisbi têm autorização para comercializar seus produtos em todo o território nacional.

De 23 a 27 de novembro, técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) estarão em Criciúma para capacitar as agroindústrias, os responsáveis técnicos e os veterinários das 12 prefeituras que integram a Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) para que esses empreendimentos façam as adequações necessárias para obtenção do selo do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi). A oficina de trabalho deve reunir ainda os atuais prefeitos e os eleitos e um médico-veterinário da Epagri da região.

O treinamento vai abordar as boas práticas da fabricação de alimentos, análises dos alimentos, além de incluir visita aos municípios e às agroindústrias. “Das 39 pequenas indústrias da agricultura familiar da nossa região, cinco tem interesse e estão dispostas a fazer adequação para obtenção do Sisbi, num primeiro momento”, ressalta a médica-veterinária do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Amrec (Consim 2020), Mariah de Freitas Marques.

Ela explica que isso não significa que as agroindústrias não estejam adequadas, mas que haverá um reforço das normas e nas práticas. A veterinária lembra ainda que o trabalho para vaga na capacitação vem sendo feito desde a metade do ano passado com a colaboração da Epagri, quando os aprovados foram escolhidos em três fases de seleção.

As agroindústrias que participarão da capacitação integram o projeto-piloto Consim 2020. Esse consórcio faz parte dos 12 selecionados para esse treinamento, dentre os 52 que concorreram. “O objetivo da oficina é adequar o Consórcio, o Serviço de Inspeção Municipal e as agroindústrias para receber o selo Sisbi. Quem consegue esse selo tem autorização para comercializar seus produtos em todo o território nacional”, explica.

A Epagri, que é parceira desde o início dos trabalhos do Consórcio, considera essa oportunidade importante para desenvolvimento da região. “É um momento de coroação de uma longa jornada de muito êxito, pois a adesão ao Sisbi vai permitir a permanência e desenvolvimento das agroindústrias familiares de produtos de origem animal da Região Carbonífera, já que a partir do selo terão livre comércio em todo o Brasil”, afirma o médico-veterinário da Epagri Regional de Criciúma, Marcelo Pedroso.

A capacitação será no auditório da Amrec, seguindo todas as medidas sanitárias para evitar a contágio pela Covid-19.

Fonte: Epagri

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.