Ministério da Saúde reduz para 7 dias isolamento para contaminados pelo coronavírus

Foto: Pexels

Diante do avanço da variante ômicron no país, o Ministério da Saúde atualizou nessa segunda-feira (10) as regras para o isolamento de pessoas contaminadas pela covid-19. Agora, a quarentena mínima terá que ser de sete dias, com a possibilidade de realização de teste após cinco dias, desde que na ausência de sintomas.

Se esse teste der negativo, o paciente poderá deixar a quarentena após o quinto dia. Caso contrário, deverá continuar em isolamento, explicou o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério, Arnaldo Medeiros.

Cumpridos os sete dias de quarentena, o paciente poderá retornar às atividades sem teste, desde que esteja há pelo menos 24 horas sem sintomas respiratórios, sem febre e sem ter feito uso de medicamento antitérmico. Se os sintomas persistirem, um novo teste poderá ser realizado. Caso o diagnóstico seja positivo, o isolamento terá que continuar até o décimo dia.

Além da atualização do Guia de Vigilância Epidemiológica, a pasta anunciou um plano para intensificar a testagem da população. Segundo o ministro Marcelo Queiroga, 13 milhões de testes serão distribuídos nas próximas semanas.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.