in

O brasileiro está cada vez mais interessado em viajar e conhecer lugares exóticos

Serra do Rio do Rastro

Levantamento da Kantar IBOPE Media indica que o brasileiro está cada vez mais interessado em viajar. Esse comportamento faz com que as categorias e os setores ligados ao turismo se movimentem de maneira positiva. Crescimento no interesse em viagens e uso anúncios midiáticos pelo setor de turismo refletem essa realidade. Segundo estudo Target Group Index, 33% dos entrevistados declaram ter viajado em 2018. Pesquisa levanta dados sobre hábitos e comportamentos do consumidor. De acordo com o relatório, para 64% dos participantes férias de verdade sempre incluem uma viagem. E 67% afirmaram que gostariam de viajar e conhecer lugares exóticos. O levantamento aponta ainda a vontade do brasileiro em explorar novos ares: 63% afirmam pretender viajar de avião no próximo ano, ao passo que 46% ainda não programaram como viajarão.

Na hora de planejar sonhado descanso, a grande aliada é a internet. O meio é o mais utilizado por 92% dos viajantes. A TV vem em segundo lugar (91%), seguida pela mídia OOH – Out of Home (88%). Para 60% dos viajantes, a internet ajuda a planejar e reservar viagens. Desses, 16% afirmam navegar em sites de turismo, porém apenas 3% efetuam reservas de passagens online. Levantamento indica que o público consumidor opta por meios online para planejar sua viagem. Mas na hora de fechar a compra, ainda buscam meios analógicos, uma oportunidade para incrementar reservas diretas. Dos que compram online, o desktop ainda é o dispositivo mais utilizado, mas o mobile vem crescendo como preferido entre os viajantes.

Hotel Renar – Fraiburgo – SC, Terra da Maçã – Vale do Contestado

O setor de Cultura, Lazer, Esporte e Turismo também aproveitou essa onda positiva, crescendo com sua presença na mídia. De acordo com dados da pesquisa Advertising Intelligence do Kantar, no primeiro semestre de 2019, a compra de espaço publicitário pelo setor registrou crescimento de 10% do GAV (valores publicitários brutos, desconsiderando descontos e negociações), em comparação ao mesmo período do ano anterior. As categorias excursões e viagens e hotéis, motéis e pousadas figuram entre as cinco que mais investiram em mídia dentro do segmento. As áreas aparecem em terceiro e quarto lugar respectivamente. Antes delas, eventos sociais e culturais e produções cinematográficas e estúdios aparecem no pódio. Fechando o ranking, editoras e publicações estão em quinto lugar em investimento em anúncios.

Agora, cá entre nós os viajantes e consumidores de turismo, o nosso desejo se tornaria em muito mais realidade se tivéssemos mais empresas aéreas e preços mais convidativos e justos, muita conectividade e infraestrutura nos destinos por que para a maioria deles é um sofrimento onde o turista vai uma vez e não volta mais.

 

Viagem de Férias

Pratas Thermas Resort & Convention – Vale das Águas de santa Catarina – Destino certo em qualquer temporada

É incrível, mas só faltam menos de três meses para o final do ano e muitos brasileiros já estão planejando as festas de natal e réveillon. Para quem quer viajar, comprar com antecedência é uma das principais dicas para conseguir passagens e pacotes mais baratos. O fim do ano é considerado alta temporada e, portanto, uma das épocas mais caras para viajar. Porém, com planejamento e ajuda da tecnologia é possível realizar uma viagem com ótimo custo-benefício. Para economizar é preciso levar em conta, além da temporada, o destino e o deslocamento. Mas cuidado com as armadilhas. No ano passado fui passar natal e réveillon num ótimo resort em Nízia Floresra (RN). Fui emitir as passagens com antecedência. Custavam “apenas” mais de nove mil reais. Algumas semanas antes, após ter criado alertas em todos os buscadores consegui comprar três bilhetes por R$ 990,00 cada um.

O grande problema desses buscadores são os horários dos voos e os tempos das conexões. Tivemos que voltar sando de Natal às 02hs e chegamos em Floripa ás 10 da manhã. Um verdadeiro sofrimento. Nunca mais faço isso. Aprendi que não vale a pena. Crio os alertas, mas só compro se valer a pena. Nem sempre o mais barato é o melhor. O ideal é sempre fazer uma pesquisa com base no seu destino. Por exemplo, viajar no verão para o nordeste é mais caro do que no inverno. Uma dica é verificar as possíveis datas que podem deixar as viagens mais baratas. Até mesmo em feriados prolongados, por exemplo, é possível encontrar boas opções se a consulta for feita antecipadamente. Essa pesquisa pode ser feita de um a dois meses antes da data prevista, para se certificar das oscilações dos valores na semana que está viajando e também o mês.

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Black Friday de Viagens se destaca na ABAV Expo 2019 – Promoções incluem descontos de 5% a 50%

Declarar Amor…