Polícia interrompe festa no mar, com 23 lanchas e deck, em Santa Catarina

Festa clandestina com lanchas é interrompida em Governador Celso Ramos no sábado (17). — Foto: Polícia Militar/Divulgação

A Polícia Militar de Santa Catarina interrompeu uma festa clandestina no mar, em Governador Celso Ramos. As pessoas se aglomeraram em 23 embarcações próximas a um deck flutuante, o que infringe o decreto do governo para controlar a pandemia de covid-19.

O decreto estabelece que embarcações de recreio devem ficar com apenas 50% da capacidade e não pode haver “amadrinhamento”, ou seja, quando as embarcações ficam amarradas muito próximas. A festa chegou a ter 15 lanchas próximas umas das outras.

A polícia descobriu a festa por causa de uma denúncia e foi até a Praia dos Magalhães, onde encontraram as infrações. Policiais fizeram os proprietários desamarrarem as embarcações. Depois 3 proprietários de veículos foram autuados. Além disso, por falta de segurança, um barco foi apreendido.

Apenas o organizador do evento teve que assinar um termo circunstanciado, por perturbação do sossego e por desrespeitar o decreto que busca impedir a propagação de uma doença contagiosa.

Desde o início da pandemia, 2.225 pessoas pegaram covid-19 em Governador Celso Ramos. E a cidade registrou 23 mortes.

Fonte Uol

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.