Permissionários da Ceasa/SC doam 752 toneladas de alimentos ao Mesa Brasil

Mais de 750 toneladas de alimentos foi a contribuição dos permissionários das Centrais de Abastecimento do Estado de Santa Catarina (Ceasa/SC) para o programa Mesa Brasil Sesc, projeto social que destina produtos alimentícios para pessoas em situação de vulnerabilidade social. No período de janeiro a junho de 2021, os boxistas e produtores que atuam na Ceasa/SC entregaram 752.550,12 quilos de doações. O montante representa 16,4% a mais do que no mesmo período do ano passado. O volume de alimentos doados pelos permissionários da Ceasa/SC representa 43,4% do total arrecadado pelo programa em todo o estado de Santa Catarina.

Os permissionários exerceram sua solidariedade ao repassar produtos que não seriam comercializados para complementar a alimentação de pessoas em situação de vulnerabilidade. Frutas, verduras e legumes que seriam descartados foram aproveitados para a nutrição de aproximadamente 18,9 mil famílias atendidas por 118 instituições sociais cadastradas no programa. São itens que apresentam pequenos defeitos, como manchas ou machucados, que não são aceitos pelos mercados, mas que estão perfeitamente aptos para consumo. 

Os principais doadores de alimentos foram:

Empresa

Box

Volume de doações (kg)

Primalta 

498-501

132.780,00

Cantu 

431-435

85.205,40

Weiss 

419-421

51.415,00

Frutas e Verduras União 

126-127

50.500,00

Hoffmann 

310-311

45.178,00

Produtores rurais

Pavilhões 1, 2 e 3   

38.130,25

Do total de produtos doados, foram aproveitados 715.591,42 quilos de alimentos (95%). O percentual também é maior do que o mesmo período do ano passado, quando foram aproveitados 90% do volume total de alimentos. A equipe do programa Mesa Brasil Sesc faz a triagem dos produtos. Aqueles que estão impróprios para o consumo são descartados. Uma parte é destinada à compostagem. 

“O Mesa Brasil demonstra que, se nos unirmos, podemos mudar a realidade em nossa volta. A solidariedade dos produtores e boxistas, combinada à organização da Ceasa/SC e do Sesc, alimenta milhares de pessoas, principalmente crianças, na região da Grande Florianópolis. Temos muito orgulho desse trabalho”, afirmou o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva. Na visão do diretor-presidente da Ceasa/SC, Gilmar Jacobowski, “temos uma grande oportunidade de fazer o bem e de lavarmos a alma ao fazer as doações”. O gestor lembra que a central reúne as duas pontas: de um lado, os comerciantes e produtores que têm o produto; de outro, o Mesa Brasil Sesc, que faz a triagem das doações e tem um cadastro atualizado das instituições sociais. 

“A pandemia nos trouxe desafios, especialmente com os mais carentes. O Mesa Brasil Sesc é um parceiro de primeira ordem, juntamente com atacadistas e produtores aqui na Ceasa. Nós podemos e devemos fazer as doações daqueles produtos que o mercado não aceita, mas que são alimentos plenamente utilizáveis. A transparência com que o Mesa Brasil administra essas doações nos dá a garantia de que estamos no caminho certo”, acrescentou Jacobowski.

A nutricionista do Mesa Brasil, Letícia Zago, lembrou que hoje cerca de 9% da população brasileira estão em situação de insegurança alimentar grave. “As pesquisas recentes da Organização Mundial de Saúde (OMS) comprovam que a situação piorou muito nos últimos dois anos. É nosso dever como cidadãos sermos a ponte que leva o alimento para contextos onde as pessoas estão precisando. Tenho certeza de que, com esse engajamento e a parceria entre Sesc Mesa Brasil e Ceasa/SC, estamos na direção certa para levar o alimento a quem precisa”. 

Para quem recebe as doações de alimentos, o gesto tem valor inestimável. É o que destaca Vanessa Castro, coordenadora administrativa da Associação Evangélica Beneficente de Assistência Social (AEBAS), na unidade localizada no bairro Frei Damião, em Palhoça. “É muito importante para a gente, porque conhecemos a situação de vulnerabilidade dessas famílias. A maioria está desempregada e precisa muito de apoio. Agradecemos de coração por olharem para nossa causa e para essas famílias.” 

A Ceasa/SC abriga a sede do Mesa Brasil em Santa Catarina. O programa consiste em uma rede nacional de bancos de alimentos contra a fome e o desperdício, que contribui para promoção da cidadania e melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de pobreza. Os alimentos arrecadados em perfeitas condições de consumo são encaminhados para instituições sociais e famílias carentes. Para saber mais sobre o programa, entre em contato com o Programa Mesa Brasil através do número 0800-643 4363.

Por Alícia Alão
Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.