in

INVERNO/PRIMAVERA 2013

FIM DO INVERNO/PRIMAVERA (AGOSTO A NOVEMBRO) DE 2013 EM SC

 

O INVERNO, DE MAIO A PRIMEIRA QUINZENA DE JULHO, FOI SEM GRANDES ENTRADAS DE FRIO, O FRIO FOI MAIS CONSTANTE NOS VALES E BAIXADAS E BEM AMENO NAS ÁREAS DE TOPO, FATO OBSERVADO NESTA TABELA; http://saojoaquimonline.com.br/climaterra/index.php/medias-das-estacoes-do-topo-da-serrasc/ APESAR DE NÃO TER TIDO GRANDES ENTRADAS DE FRIO, SALVO A SEGUNDA QUINZENA DE JULHO, O INVERNO ESTÁ UM POUCO ABAIXO DA MÉDIA NA SERRA DE SC E EM TORNO DA MÉDIA NO ESTADO. O NÚMERO DE GEADAS ESTÁ BEM ACIMA DA MÉDIA E JÁ TIVEMOS cinco DIAS COM NEVE, UM MUITO RÁPIDO EM MAIO, DIA 7, E DO DIA 22 A 25 DE JULHO, ESTE SIM FOI MARCANTE PELA FORTE INTENSIDADE DA NEVASCA NO NORDESTE DE SC E GRANDE FPOLIS, EM ALGUNS MUNICÍPIOS DO VALE DO RIO ITAJAÍ FOI O MAIOR EVENTO QUE SE TEM NOTÍCIA EM TERMOS DE CAMADA DE NEVE, ESTA FOI A ONDA DE FRIO MAIS LONGA E FORTE DO INVERNO NO CONTEXTO GERAL.

EM TERMOS DE CHUVA VEM SEGUINDO O PADRÃO DE IRREGULARIDADE, ORA CHOVE MUITO POR VÁRIOS DIAS, A PONTO DE ATÉ TER OCORRIDO CHEIA NO PLANALTO NORTE, ORA COM VÁRIOS DIAS SEM CHUVA.

NO DECORRER DO FIM DO INVERNO E PRIMAVERA A TENDÊNCIA É MANTER A IRREGULARIDADE NA CHUVA, POUCA CHANCE DE ESTIAGEM SEVERA (20/25 DIAS OU MAIS SEM CHUVA) E UM RISCO UM POUCO MAIS ALTO DE PERÍODOS DE CHUVA MAIS INTENSA AO LONGO DESTES MESES (EXIGE UM POUCO MAIS ATENÇÃO NAS ÁREAS SUJEITAS A DANOS POR EXCESSO DE CHUVA), NA SOMA DA PRECIPITAÇÃO, quatro MESES, TENDE A FICAR EM TORNO OU ACIMA DO NORMAL. NESTE PERÍODO O RISCO DE EVENTOS EXTREMOS (TEMPORAIS, VENTANIAS E CHUVA INTENSA) É UM POUCO MAIOR QUE O HABITUAL, ACOMPANHAR A PREVISÃO DIÁRIA É FUNDAMENTAL.

NA TEMPERATURA A TENDÊNCIA É DO INVERNO SE ESTENDER MAIS QUE O HABITUAL, OU SEJA, FINS DE SETEMBRO/MEADOS DE OUTUBRO NAS ÁREAS MAIS FRIAS E FINS DE AGOSTO/MEADOS DE SETEMBRO NAS ÁREAS MAIS BAIXAS, COM TENDÊNCIA A UMA PRIMAVERA DE NORMAL A FRIA. NESTA ÉPOCA COMEÇA A TER ALTERNÂNCIA MAIOR DE PERÍODOS CURTOS DE CALOR INTENSO ENTRE UMA ONDA DE FRIO E OUTRA, FATO JÁ OBSERVADO NO COMEÇO DE AGOSTO, MAS NO GERAL O CLIMA AMENO A FRIO PREDOMINARÁ. AINDA PODEREMOS TER DE 2 A 4 ONDAS DE FRIOS MAIS FORTES QUE HABITUAL E COM ALTO RISCO DE ENTRAR NA PRIMAVERA.  (RECORDES DE FRIO OU VALORES PRÓXIMOS). A GEADA AINDA PODERÁ SER AMPLA EM AGOSTO E SETEMBRO E MAIS ACIMA DOS 400/600 M EM OUTUBRO E ACIMA DOS 800/1000 M EM NOVEMBRO, TRAZENDO RISCO ALTO DE GEADA COM POTENCIAL DE DANOS ENTRE FINAL DE AGOSTO A OUTUBRO EM SC.

EM TERMOS DE NEVE, AINDA PODEREMOS TER UM OU MAIS EVENTOS FAVORÁVEIS ATÉ FINS DE SETEMBRO.

UM RESUMO; FIM DE INVERNO/PRIMAVERA MAIS PARA FRIO, COM ALGUM RISCO DE SER BEM FRIO EM ALGUNS MOMENTOS. CHUVA IRREGULAR NO TEMPO E ESPAÇO. EXTREMOS MAIS ACENTUADOS, TANTO PARA FRIO COMO PARA CALOR, A MÍNIMA ABSOLUTA DO INVERNO/SC PODERÁ OSCILAR ENTRE -5/-8°C NAS ÁREAS DE TOPO E -9/-12°C NAS BAIXADAS (REGIÃO DE S.JOAQUIM, URUPEMA. BOM JARDIM E URUBICÍ) E AS MÁXIMAS ENTRE 35 A 38°C (MAIS NO INTERIOR DO LITORAL E BAIXO VALE DO URUGUAI/ITAJAÍ. ENTRE O INVERNO/PRIMAVERA).

MANTÉM O RISCO ALTO DE TEMPO SEVERO EM ALGUNS DIAS DURANTE O DECORRER DO FIM DO INVERNO/PRIMAVERA, MAIS INTENSO QUE O HABITUAL. MONITORAR E ACOMPANHAR A PREVISÃO DO TEMPO PARA O CURTO PRAZO, ALGUNS DIAS A FRENTE, É A NORMA NESTE PERÍODO.  

EM RELAÇÃO ÀS VENDAS DE ARTIGOS DE VERÃO, O CLIMA PODERÁ PREJUDICAR AO LONGO DA PRIMAVERA, UMA BOA OPÇÃO SÃO AS ROUPAS DE MEIA ESTAÇÃO.

AGRICULTURA

NO GERAL O RISCO DE GEADA COM POTENCIAL DE DANOS ENTRE AGOSTO A OUTUBRO SERÁ ALTO, PODERÁ AFETAR NA FRUTICULTURA E CERAIS DE INVERNO, MAIS ARRISCADO, EM TERMOS DE GEADA MODERADA A FORTE FORA DE ÉPOCA, NAS ÁREAS ACIMA DOS 400/600 m EM AGOSTO E SETEMBRO E ACIMA DOS 800/1100 m EM OUTUBRO, ACIMA DOS 1000/1200 M EM NOVEMBRO.

NO PLANTIO DA SAFRA DE VERÃO O IDEAL É RETARDAR PARA FUGIR DA GEADA, RETARDAR, O MÁXIMO POSSÍVEL QUE DER, DENTRO DO ZONEAMENTO DE CADA REGIÃO. EM TERMOS DE CHUVA, ALGUNS PERÍODOS CURTOS DE ESTIAGEM ENTRE A PRIMAVERA E COMEÇO DO VERÃO COM POUCA CHANCE DE TER PROBLEMAS MAIS SÉRIOS. MAIOR PROBLEMA COM ÁGUA PARA OS RIZICULTORES DO LITORAL SUL

28 Comments

Leave a Reply
  1. Boa tarde Coutinho,

    Alguma chance, ainda nesse fim de inverno, de ocorrer mais uma severa onda de frio como essa que causou neve em varias regioes do estado ?

  2. Aqui em Guabiruba tivemos neve nos pontos mais altos, notadamente áreas com florestas nativas, onde houve muita queda de galhos e árvores pelo peso da neve acumulada, se tivermos período seco os riscos de incêndio são grandes, é possível termos períodos de estiagem que permitam esta situação?

  3. OLÁ, BOA TARDE!
    Tudo bem contigo?
    Sou de Sul BrasilSC e, gostaria de saber
    como irá se comportar o clima no próximo fim de semana
    dias 24 e 25 de agosto, mais precisamente.
    Agradeço a informação.
    Abraço.

  4. ola cotinho percebi que o rio da vila francesa esta muito cheio sera que pode da outra enchente pois estamos todos traumatizados com isso pois para prefeitura de criciúma meu bairro não existe pois so sabem cobrar impostos e mais nada obrigado

  5. Considerando as projeções de alguns modelos climáticos possíveis pode-se especular em relação a alguma possíbilidade de grandes níveis de precipitação na região do Alto Vale do Itajaí, a fim de trazer devolta o quadro apresentado em 2011? Ou algo parecido?

    • GUIDO, O QUE PODE-SE ESPECULAR E A GRANDE IRREGULARIDADE NA CHUVA E O ESTADO RUIM DO RIO ITAJAÍ, ONDE QUALQUER CHUVA MAIS FORTE SOBE MUITO. É UM ANO DE MUITA ATENÇÃO.

  6. coutinho, porque esse inverno está havendo ondas de frio tão fortes? Tem algo haver com o resfriamanto das aguas do aceano pacífico, ou ta dentro do normal?

    Obrigado, Mazo

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

INVERNO/PRIMAVERA 2013

Previsão do tempo para os dias 7 e 8 de agosto de 2013