in ,

Nasce uma Estrelinha – Entrevista com Valentina Vieira, a atriz mirim que atuará na novela “Bom Sucesso”

Para ser atriz são necessárias várias competências pessoais, como naturalidade frente às câmeras e ao público, facilidade em assimilar textos e em se relacionar com as pessoas, entre muitas outras. Estas características são fatores determinantes para a carreira artística, que se enaltece com muito estudo e dedicação. É uma profissão que representa a arte, a cultura, a fama e o sonho de muitas pessoas, especialmente crianças e jovens.
Dia 29 de julho de 2019 estreia na Globo a nova novela das sete, intitulada “Bom Sucesso”. E para todos os que  admiram a atriz Valentina Vieira, de apenas 10 anos de idade, esta data está sendo esperada com muita expectativa. A família, os amigos e a população da cidade de São Joaquim aguardam ansiosos pelo primeiro trabalho da atriz mirim.
Nascida em Florianópolis, foi ainda bebê morar com a família na gélida cidade catarinense, e considera São Joaquim sua cidade de coração. Em entrevista a coluna DellaRosa do São Joaquim Online, a pequena artista faz questão de dizer “Eu amo São Joaquim, sou  muito apegada com a minha cidade”. Há alguns meses, deixou a vida na pequena cidade da serra catarinense e mudou para o Rio de Janeiro, onde está se adaptando às mudanças e à realidade de morar em uma metrópole, como é a cidade maravilhosa.
Valentina Vieira viverá a personagem Sofia, a neta estimada de Alberto, protagonista na trama das sete, vivido pelo consagrado ator Antônio Fagundes, seu grande ídolo. Ela reconhece que foi muito bem recebida por todos e afirma que está fazendo o trabalho da melhor forma possível, pois enxerga a responsabilidade sobre ela. Dedicada às gravações, diz ter “uma gratidão pelo elenco, pela produção, direção e por toda equipe,  porque todos são muito talentosos e estão lá junto com a gente, apoiando e ensinando, porque acreditam nos nossos sonhos”.
Através de sua atuação na nova novela global, Valentina espera tocar muitas pessoas com sua arte. “Espero poder inspirar as pessoas”, fala com amor. E manda um recado para aquelas que sonham em ser atriz/ator: “Eu sei que parece muito longe esse sonho, mas não é. Você tem que estudar e se dedicar, e acreditar que você pode, que você consegue. Porque um dia as portas vão se abrir e você vai precisar estar preparado”. Parece clichê, mas se aplica perfeitamente. A verdade é mesmo esta: “Tudo é possível”, acrescenta a pequena notável.

Desde quando você decidiu que queria ser atriz? 

Desde bebê eu sempre gostei do mundo da arte, mesmo que para mim ser atriz fosse algo muito distante. Mas, a partir dos 7 anos, essa paixão se tornou meu maior sonho!

Este é o primeiro trabalho que você fará em TV? Como você entrou para o elenco ? 

Sim, é o meu primeiro trabalho da vida!
Através da minha agência, eu recebi a oportunidade de fazer um teste para a televisão. Quando recebi a notícia, quase desmaiei! E até o dia do teste, fiquei muito ansiosa. Mas confiei em Deus e fiz o teste, entregando tudo nas mãos Dele e pedindo que acontecesse o melhor para todos! Quando a minha mãe recebeu a ligação da agência, começou a chorar e me disse: Você passou no teste! Nessa hora, eu senti o mundo rodando, passou um filme na minha cabeça e “a ficha caiu”: “Eu passei?! Mãe, eu passei!” Choramos e rimos!

Como foi para você saber que faria parte de um elenco de “peso”? E como tem sido atuar com artistas famosos?

Isso significa muito para mim, não por serem famosos, mas por serem realmente ótimos atores, por terem tanta experiência e conhecimento. Fiquei muito feliz por saber que os conheceria e teria a oportunidade de aprender com eles. Atuar com esses artistas tem sido incrível! Parece até um sonho, ou melhor, um sonho que se tornou realidade! Num dia eu estou vendo essas feras na TV, e no outro, eu estou ao lado deles, fazendo a coisa que eu mais gosto e me realiza! Tenho aprendido a cada dia com estes artistas maravilhosos, que, além de grandes profissionais, são educados, humildes, generosos e têm muita cultura, ética, respeito e amor. Ser recebida por todos com tanto carinho e sentir que estão dispostos a me ensinar, me faz acreditar que Deus me trouxe aqui para eu crescer mais, para o meu bem!

Na foto, Valentina Vieira, que interpretará a personagem Sofia, demonstra, pelo brilho nos olhos, a felicidade e a realização de seu sonho. Com certeza, ela já é uma inspiração para muitas crianças.

Você pode nos contar um pouco sobre a tua personagem na novela? E se ela se parece com você?

O nome da minha personagem é Sofia, ela tem 11 anos e é independente, sonhadora, criativa, sincera, inteligente, curiosa, mas também é carente e um pouquinho “mandona”. Ela tem uma ótima relação com o seu avô Alberto (Antônio Fagundes), com quem divide a paixão pelos livros! Mas não convive muito bem com sua mãe, a Nana (Fabíula Nascimento), e, muito menos, com o seu padrasto Diogo (Armando Babaioff). Com o passar da novela o público verá que Sofia é uma pobre menina rica! Nós duas somos muito diferentes em relação a isso, porque eu tenho a melhor família do mundo, e somos muito parecidas em outros aspectos. Ela e eu nos preocupamos com a natureza, amamos os livros, somos criativas, sonhadoras, sinceras, curiosas e temos facilidade em fazer amizade! A Sofia foi um grande presente para mim! Eu amo interpretar essa personagem!

Como está sendo a sua rotina como  atriz mirim?  

Está sendo bem corrida,  principalmente divertida e cheio de aprendizados!

Como você divide o tempo entre estudos e trabalhos? 

Eu sempre procuro fazer todas as tarefas e estudar para as provas com calma, mas nem sempre dá. Às vezes, tenho que fazer minhas atividades mais corridinho ou até nos intervalos das gravações.

Como você faz para decorar o texto? 

Eu estudo no meu quarto. Leio o capítulo e destaco minhas falas. Tento entender a cena e a intenção das minhas falas. Repito algumas vezes em voz alta e presto atenção na ordem da cena, principalmente na fala que antecede a minha. Antes de gravar, eu sempre “passo” as cenas com uma profissional chamada preparadora de elenco.

Você pretende continuar na carreira de atriz quando for adulta?

Sim, esse é o meu sonho!

Em que série você estuda?

No 5º ano.

Quais são as suas melhores lembranças de SC?

 Minhas melhores lembranças são aquelas em que estou com minha família e amigos. E principalmente quando estou num lugar que eu gosto muito, o sítio da nossa família.

Você tem algum ídolo ? 

Primeiramente, Jesus! E como artista, são muitos!! Mas Antônio Fagundes é um ator que me inspira, que quando eu vejo atuando, logo penso: quando eu crescer, quero ser assim!

Como foi a mudança para o Rio de Janeiro?

No começo foi bem mais difícil, sentia muita falta da minha vida de lá, da minha escola e de todas as pessoas que amo. Mas quando comecei a fazer amizades, tudo ficou melhor! E estar realizando o meu sonho me dá forças para aguentar a saudade!

Perguntamos para a Raquel e o Frederico, pais de Valentina, o que sentiram quando souberam que sua filha fora escolhida, para atuar como atriz numa novela da Globo.

Imagino que passou um filme na cabeça, de vocês com toda trajetória da filha até realizar o sonho de ser atriz, estou certa?

Aconteceu assim mesmo! A notícia de que a Valentina passara no seu primeiro teste para atuar em uma novela, nos fez acreditar que ela nasceu para isso! Começamos a nos dar conta de que, desde a barriga, ela vinha se preparando para esta oportunidade. Ela nasceu antes da data prevista, no dia seguinte às fotos da gestação e na noite de Natal! E a partir daí, sempre se apresentou para o mundo de uma maneira “diferente”, interagindo com as pessoas naturalmente, fosse quem fosse. Desde pequenina, se relaciona de maneira espontânea e desinibida, é sensível e criativa,e demonstra intimidade com as varias formas de arte. Essas características são marcas da Valentina,como mostram os registros fotográficos e em vídeo de cada fase da sua vida. Hoje admitimos que as produções dos ensaios e das comemorações temáticas de seus aniversários, podem tê-la inspirado artisticamente. Mas somente agora fizemos essa associação! O que sempre foi percebido por nós e notório a todos que convivem com a Valentina é, além do seu “jeitinho de artista”, a sua capacidade de ver o mundo de maneira positiva e amar indistintamente.

Era um sonho que estava ali, desde bebê, latente, pois percebia-se, através dos vídeo de aniversário, feitos com os talentosos profissionais de vídeo e fotografia (e tios do coração) Anders Duarte e Iraci Ribeiro, e sobr a produção impecável da Assessora e Cerimonialista Maysa Zanette Coral ( também tia de coração), que Valentina já tinha muito talento para interpretar.

O vídeo abaixo mostra alguns destes momentos e comprova que Valentina nasceu com dom para a arte, confira:

Perguntamos à mãe de Valentina se a filha tem consciência de que pode se tornar inspiração para outras crianças.

Ela sabe que isso poderá acontecer porque as pessoas públicas são formadoras de opinião e influenciadoras do comportamento de muitas outras. Mas ela sabe, desde pequena, que, independentemente da profissão, somos sempre referências para as pessoas com as quais convivemos, seja positivamente ou não. E que, por isso, devemos fazer nossas escolhas visando o nosso bem e o bem comum. Como pais, queremos que ela e o irmão sejam felizes, não importando a área que escolherem. Mas, antes disso, que sejam felizes por serem pessoas de bem, dispostas a ajudar o outro. Ela sempre soube que as pessoas são diferentes, mas que possuem o mesmo valor, e que merecem serem tratadas sempre com respeito. Quem a conhece, reconhece a empatia e a compaixão como características marcantes na Valentina. E sobre este mundo que agora está se descortinando, ela tem orientações bem claras sobre esta questão que envolve a visibilidade pública. Desde o início, marcamos para ela a diferença entre ser artista e ser famosa, e, principalmente, de que terá o nosso apoio enquanto a arte for o seu sonho! Temos cuidado disso, dia após dia, para que sua notoriedade não seja afetada pela vaidade e pelo deslumbramento das coisas do mundo, “valores” tão comuns na sociedade em que vivemos, e não somente nesta área. Então, sobre isso, o sonho de todos nós, que a amamos e estamos conduzindo-na nesta experiência, é que ela seja sempre a inspiração para outras crianças, e também para os adultos, de como acreditar em seus sonhos e buscar a sua realização de forma feliz e honrada. E que, acima de tudo, ela seja uma referência boa como pessoa, com valores humanos e éticos, que trata com dignidade e amor a todos, e agrada aos olhos de Deus!

Perguntamos a Raquel qual foi o maior desafio desta mudança na vida da família, em busca da realização do sonho da filha.

Certamente foi quando da noticia sobre a aprovação da Valentina para o elenco da novela. Administrar, na prática, a grande surpresa que mudaria nossas vidas! Frederico e eu decidimos, à distância, por telefone, que viveríamos essa experiência com ela da maneira possível. Com base na realidade do momento, e não da forma ideal, aceitamos os desafios que estariam por vir. E isso implicou, primeiramente, na separação física da nossa família. A Valentina, o mano Benjamim e a mamãe, mudariam para o Rio de Janeiro, enquanto o papai continuaria morando em São Joaquim. E assim tem sido! Mas o mais interessante disso tudo é que estamos vivendo a fase de maior cumplicidade de toda a nossa vida! Hoje entendemos que para ser família, morar sob o mesmo teto não é o suficiente. Mais do que viver o dia a dia, é preciso compartilhar o mesmo projeto de vida!

Na imagem a família de Valentina Vieira. A mãe, a Psicologa Raquel Santos Vieira, o pai  Frederico Mendes Vieira, médico Ginecologista e Obstetra, e o irmão Benjamim, que já demonstra também ter vocação para a arte. 

Que mensagem você, como mãe e Psicóloga, daria para as mães que sonham em ajudar a realizar o sonho dos filhos?

Que o façam de todo o coração! Pois todo o esforço quando feito por amor e com alegria nunca torna-se sacrifico. Todos os desafios a serem enfrentados são impulsos para a realização! E a superação de cada um deles é o que dá o sentido à conquista! Pensem quantos sonhos não realizados neste mundo por causa da falta de incentivo...O papel dos pais é fundamentalmente este: incentivar os filhos a serem o que quiserem, a serem o melhor que puderem. Inclusive, melhores que os próprios pais! O que devemos considerar nesta questão que evolve pais, filhos e sonhos, é lembrar que o pai (ou a mãe) é uma pessoa e o filho é outra inteiramente diferente, pois pertencem a tempos diferentes, cresceram sob diferentes condições e pensam de formas distintas. Então, é preciso cuidar disso: da projeção que o pai pode fazer sobre o filho. Um pai que projeta as suas próprias metas está sendo egoísta, porque está tomando, intencionalmente ou não, a liberdade de escolha dos próprios filhos. É comum ver crianças que fazem de tudo para chamar a atenção, no meio de outras crianças, por meio de comportamentos ou desempenho, por não conseguirem cumprir com as expectativas que os seus pais lhe impuseram, mesmo que sem perceber. Isso é, inclusive, perigoso! A frustração pessoal é um impeditivo para o bem estar e a autoestima do ser humano. Agora, imagine a fonte da frustração vir dos próprios pais. A cobrança desmedida destes sobre seus filhos pode contribuir no desencadeamento de transtornos mentais, como a ansiedade e a depressão. Por tudo isso, nenhum filho deverá ter a obrigação de realizar o sonho do pai. Mas todo pai pode (e deve!) incentivar o filho a realizar o próprio sonho, orientando, apoiando e conduzindo-o para o caminho do bem! Pessoalmente, devo ter influenciado a Valentina no gosto pela música, pelas artes, mas sempre tive o cuidado de não me projetar nela. O Frederico diz que, até mais do que isso, por muitas vezes, cheguei a negar o talento dela, não a apresentando às poucas atividades artísticas disponíveis no meio em que vivíamos. E eu concordo! Mas no dia em que ela chegou em casa, decidida a “ser artista”, nos pedindo para levá-la à “cidade grande”, enxerguei nitidamente o sonho que já habitava o seu coraçãozinho. Quando falo que tive o cuidado com a projeção é porque amo as artes, música, teatro, cinema… e sonhei em ser atriz. No entanto, meu sonho de adolescente ficou bem resolvido quando a Psicologia me escolheu! Sou realizada com a minha profissão e mantenho minha alma de artista. Por isso, com amor e tranquilidade, vivo hoje este momento lindo na vida da Valentina e na nossa vida! E se exerço alguma influência sobre ela?! Tomara que sim! Esta é a minha intenção desde o dia em que ela chegou a este mundo e também uma missão até o meu último dia! Por tudo isso, pais e mães, procurem conhecer verdadeiramente o sonho de seus filhos e acreditem neles! Os incentivem a acreditar cada vez  mais, até tornarem-se realidade! É um propósito de vida que vale a pena! Cada vez que vejo a Valentina sair de uma cena com os olhos faiscando estrelas e o sorriso que insiste em ficar, meu coração suspira e confirmo internamente: “Eu faria tudo de novo!”

Uma pequenina notável, só ultrapassada pelo próprio talento, enchendo de orgulho o povo Serrano ao qual ela tanto admira. Será uma grande dádiva a toda a Serra Catarinense vendo esta dócil estrelinha brilhar nas telas da televisão para milhões de Brasileiros e nós, do São Joaquim Online, estaremos com olhares fixos e confiantes para vermos um talento inconfundível e único, como uma torcida por aquilo que produzimos de melhor: a nossa “brilhante Valentina”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PREVISÃO DO TEMPO PARA OS DIAS 25 E 26 DE JUNHO DE 2019.

Pedro Henrique Souza Arruda comemorou o aniversário de 03 anos na presença de amigos e familiares