Governador autoriza início da pavimentação na Serra do Corvo Branco

Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

Foi apenas com ferramentas manuais e a ajuda de vizinhos, à revelia do ceticismo de engenheiros e políticos, que Pedro Kuhnen idealizou e liderou a abertura da Serra do Corvo Branco, hoje uma importante ligação entre a região serrana e o litoral catarinense. Nesta sexta-feira, 27, o governador Carlos Moisés esteve em Grão-Pará para autorizar a pavimentação do trecho de 9,4 quilômetros, concluindo o trabalho iniciado há mais de 60 anos por Kuhnen.

O investimento será de mais de R$ 40 milhões. O prazo de conclusão é de 18 meses. “Esta é uma obra que sempre esteve no radar, sempre trabalhamos intensamente para resolver todos os entraves até a chegada deste momento. É um passo importante em direção ao nosso objetivo de encurtar caminhos e aproximar a serra e o mar”, avalia Carlos Moisés.

 Arte/Secom

O governador anunciou que, nos próximos dias, terão início os trabalhos para recuperar um trecho desmoronado da SC-370, nas proximidades da serra. Ele também deu o pontapé inicial para o próximo grande avanço. “Já conversei com o Thiago Vieira (secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade) para que possamos, o quanto antes, contratar o projeto de um túnel, por onde poderão passar veículos pesados, já que a grande vocação da Serra do Corvo Branco é o turismo”, antecipa Carlos Moisés.

::: Confira o álbum com fotos da Serra e da família Kuhnen

O prefeito de Grão-Pará, Helio Alberton Junior, lembrou do esforço de inúmeras pessoas para abrir a Serra do Corvo Branco, a partir da mobilização iniciada por Pedro Kuhnen em 1959. “Hoje precisamos ser gratos ao governador Moisés, ao secretário Thiago Vieira, a toda equipe que viabilizou esse investimento de R$ 40 milhões com recursos próprios. Muitas pessoas se perguntam se a obra sairá mesmo, e com alegria a gente responde que sim, vai sair”, afirma.

Visita à filha do pioneiro

Antes de autorizar a ordem de serviço, o governador fez questão de visitar a filha do desbravador, Normélia Kuhnen Salvador, conhecida na localidade de Aiurê, em Grão-Pará. Ela reside na mesma residência onde o pai morou e fala com orgulho sobre a visão de futuro demonstrada por Kuhnen. “Essa estrada era o sonho de muita gente, mas ninguém acreditava. O meu pai acreditava, por isso ele ajudou na obra que construiu a estrada. A todas as pessoas que trabalhassem um dia, ele oferecia um prato de comida aqui em casa, sem nunca receber nada em troca”, conta Norma, como é conhecida.

Além de encurtar distâncias, valorizar terras e fazer crescer o turismo na região, a estrada teve um papel especial na vida de Norma. Casada com um Alvadi Salvador, de Urubici, com quem teve dois filhos e hoje tem dois netos, ela conta que a formação da família só foi possível com esse caminho aberto entre os dois municípios.

Norma guarda um “livro preto”, no qual o pai registrou fatos e imagens dos trabalhos de abertura da estrada. Essas informações serviram como base para a obra “Serra do Corvo Branco – um desafio que uniu a Serra ao litoral”, do escritor Moisés Ascari, lançada em 2015.

A pavimentação, para a moradora, será a concretização de um sonho iniciado por Kuhnen, abraçado pela comunidade e concretizado por meio de um esforço coletivo. “É uma demanda desde antes de eu nascer, vai encurtar distâncias e ajudar no turismo. Queria que meu pai tivesse vivo para ver essa estrada sendo finalmente pavimentada”.

SC-390, entre Pedras Grandes e Tubarão

Durante o ato em Grão-Pará, Carlos Moisés também autorizou o início das obras de pavimentação na SC-390, no trecho de um quilômetro que falta entre Pedras Grandes e Tubarão. O investimento será de aproximadamente R$ 2,8 milhões e o prazo de conclusão é de seis meses.

Participaram dos atos o deputado federal Ricardo Guidi, deputados estaduais José Milton Scheffer, Julio Garcia, Marcos Vieira, Paulinha, Ricardo Alba, Rodrigo Minotto e Volnei Weber, os secretários de Estado Thiago Vieira (Infraestrutura e Mobilidade), Luiz Fernando Vampiro (Educação), o chefe e o subchefe da Casa Civil, Eron Giordani e Juliano Chiodelli, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) José Nei Ascari, prefeitos da região, vereadores e moradores que serão diretamente beneficiados com as obras.

Por Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa Secretaria Executiva de Comunicação – SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.