Bizarro! Polícia e Anvisa invadem campo para retirar jogadores da argentina em jogo contra o Brasil

Algo puramente inimaginável ocorreu durante a partida do Brasil contra a Argentina na tarde deste domingo (05), no estádio do Itaquera, em uma partida válida para as Eliminatórias da Copa do Mundo a Anvisa, acompanhada de policias federal e o choque invadiram o campo para cumprir a deportação de jogadores argentinos enquanto a bola rolava.

Por descumprimentos de protocolos sanitários por parte de quatro jogadores da Argentina, a Anvisa interferiu no clássico e interrompendo o jogo. Após grande confusão o time da Argentina se retirou do campo e a partida foi interrompida.

Em telefonema para a Rede Globo, Antônio Barra Torres, diretor-presidente da Anvisa explicou que quatro jogadores não haviam feito a quarentena necessária para os protocolos sanitários: “São quatro jogadores. Eles, ao chegarem em território nacional, apresentam a declaração de saúde do viajante. Neste documento não falava que eles passaram por um dos três países que estão restritos, justamente para a contenção da pandemia. Mas depois foi constatado que eles passaram pelo Reino Unido. Chegamos nesse ponto porque tudo aquilo que a Anvisa orientou, desde o primeiro momento, não foi cumprido. Eles tiveram orientação para permanecer isolados para aguardar a deportação. Mas não foi cumprido. Eles se deslocam até o estádio, entram em campo, há uma sequência de descumprimentos.” Disse Antonio Barra Torres, diretor-presidente da Anvisa.

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.