Novas proibições de eventos foi erro de digitação diz Bom Jardim da Serra

A prefeitura de Bom Jardim da Serra foi amplamente elogiada após adotar diversas medidas para conter a propagação do COVID -19 no município, após publicar um decreto que proibia a realização de eventos principalmente festas, rodeios e bailes.

Porém, mais tarde, a prefeitura publicou um edital com uma errata suspendendo todas as proibições. Em conversa por telefone o prefeito em exercício Cesár Nezi respondeu que se tratava de um erro de digitação e que não havia proibições e sim redução de público.

Veja a errata:

Na sexta-feira passada a saúde de Bom Jardim estava pedindo socorro diante do elevado número de casos de COVID-19, para se ter uma ideia: no pico da pandemia estávamos com 30 casos ativos e agora estamos com 164 casos. Por isso fizemos um decreto para reduzir o público, limitando em 70% a capacidade nos eventos , festas, shows, rodeios e etc, mas esse decreto foi elaborado com base de um modelo salvo de 2021 que continha as proibições no final da primeira folha e que passou despercebido. Após publicado, se notou o erro que foi corrigido com publicação de uma errata no Diário Oficial dos Municípios” Explicou a Prefeitura de Bom Jardim da Serra.

Quanto a multa de 500 reais pelo não uso das máscaras em espaços públicos, a prefeitura informou que ela sempre existiu, desde o início das ações de enfrentamento da pandemia acompanhando o Estado de Santa Catarina que deu liberdade para os municípios criarem seus próprio decretos. Porém, Bom Jardim da Serra ganhou notoriedade nacional após a publicação de forma equivocada de um decreto que foi corrigido logo depois, reparando o erro material de proibição de eventos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.