Como definir metas para empresa e não perder o foco?

Quando um novo negócio surge, nada mais natural do que pensar em metas e objetivos. No entanto, nem todo mundo sabe como definir metas para empresa, manter o foco e estipular objetivos.

Pensando nisso, separamos algumas dicas importantes para você organizar o seu negócio. Afinal, sem metas ou objetivos não haverá ambição por melhorar, não é mesmo?

Como definir metas para empresa em poucos passos?

Antes de mais nada, você sabe a definição de metas e objetivos? Até hoje, muita gente não sabe diferenciar os dois e é comum que confundam um com outro.

O objetivo é aquele sonho que pode ser realizado. Ou seja, é onde você quer que a sua empresa chegue e o que quer conquistar. Já a meta são os marcos estabelecidos na jornada da conquista do objetivo.

Portanto, um depende do outro. Sem objetivo, as metas perdem sentido. Sem metas, não é possível conquistar um objetivo.

Quer um exemplo de objetivo e outro exemplo de meta? Observe:

Vamos supor que você tenha uma empresa e quer, ao final de três anos, abrir filiais em outras cidades. Para isso, a loja matriz precisa no primeiro ano lucrar mensalmente, aplicar o dinheiro para que ele renda, no segundo ano deve estudar o mercado e lançar um novo produto e, por fim, no terceiro ano deve estudar os melhores lugares para instalar as filiais.

Objetivo: abrir filiais em três anos;

Metas: lucrar mensalmente, aplicar o dinheiro, lançar novo produto e estudar os melhores locais para instalar as filiais.

Parece simples, não acha? Na verdade, exige muita análise e cuidados específicos para cada tipo de empresa. 

[Passo 1] Como definir objetivos?

O primeiro passo é entender onde sua empresa se encaixa no mercado. Para isso, leve em consideração o setor em que atua, se está em um nicho de mercado, concorrentes, situação financeira e planejamento.

É preciso ter em mente a volatilidade da economia e, por isso, um bom planejamento econômico é a base sólida que qualquer objetivo precisa. Dessa forma, você consegue ser mais realista na hora de desenhar e definir seus planos.

Vamos analisar abaixo cada um dos itens para facilitar o processo de entendimento.

  • setor de atuação: a sua empresa atua em um setor saturado ou existe a possibilidade de se destacar? Esse dado é importante pois você precisa ter uma noção da área de atuação para criar objetivos realistas e que não sejam impossíveis de serem alcançados. Se estiver em uma área saturada, é bom pensar em investir em algo que se diferencie dos outros. Quem sabe esse seja seu primeiro objetivo, não é mesmo?
  • nicho de mercado: trabalhar com um nicho de mercado é a garantia de conseguir fornecer seus produtos sempre, mas para um público seleto. O nicho de mercado é um segmento que atende necessidades pouco exploradas. Por isso, é provável que não tenha um mercado muito competitivo. Dessa forma, que tipo de objetivos podem ser explorados para manter-se ativo e fazendo o diferencial?
  • concorrência: analisar a concorrência é fundamental para não ser engolido pelo mercado. Sendo assim, é mais fácil estabelecer pontos a serem explorados e melhorados, a fim de oferecer um diferencial para os consumidores e se destacar;
  • situação financeira:  sua empresa fecha o mês com saldo positivo ou ainda está na corrida dos ratos? Esse é um fator importantíssimo para determinar seus objetivos. é provável que, para muitas jovens empresas, o objetivo seja recuperar o investimento.

Agora que você já sabe estabelecer um norte para a sua empresa — sabe como definir objetivos — o céu é quase o limite. Pois, para o bom andamento da empresa e não desmotivar as equipes, é necessário estabelecer objetivos que sejam completamente possíveis de alcançar.

Não estamos dizendo que não se pode sonhar de forma grandiosa. Apenas estamos alertando para não criar um problema que vá afetar o desempenho da sua empresa.

[Passo 2] Como definir metas?

Com os objetivos bem definidos, é preciso planejar metas para conseguir realizar esses desejos. Para isso, é importante ter um indicador que mostre o melhor caminho a ser seguido.

Pense nas metas como fases de um game. As primeiras fases são de fácil execução, são curtas e simples. À medida que vão se aproximando do final, tornam-se mais complexas e longas, mesmo que você não perceba isso.

O que queremos dizer é que as primeiras metas devem ser pensadas para estimular a equipe a continuar buscando, e a cada conquista, vai subindo a régua de dificuldade lentamente.

Entretanto, para obter sucesso é imprescindível escolher o melhor método para criar as metas.

[Passo 2.1] Escolha um método ideal

Vamos mostrar uma opção de método, mas saiba que existem muitas mais e você pode escolher a que mais se adapta à sua realidade empresarial. Como, por exemplo, a metodologia Lean, método OKR e o método SMART. Por meio delas conseguirá estabelecer o melhor caminho para realizar seus objetivos.

Método Growth Hacking

Surgiu em 2010 pelas mãos do empresário responsável pelo crescimento exponencial de empresas como Dropbox e LogMeIn, o método growth hacking. Trata-se de uma forma de análise criativa e simples que levanta hipóteses e realiza testes rápidos.

Ou seja, enxerga oportunidades de crescimento acelerado por meio de observações e oportunidades que aparecem no momento. Dessa forma, ao invés de já mostrar toda a estrada para ser percorrida de uma só vez, a empresa vai construindo e percorrendo ao mesmo tempo.

Essa metodologia promove pensamento rápido, envolvimento de todas as equipes, agilidade e saber lidar com pequenos percalços. O primeiro passo é imaginar que o objetivo é um problema a ser resolvido.

Em seguida, é preciso fazer um brainstorming com a equipe para estimular e recolher ideias a serem executadas a curto e longo prazo. Essas ideias devem ser separadas por ordem de prioridade ou por potencial transformador.

Antes mesmo de começar a executar, é preciso fazer a documentação para acompanhar o desenvolvimento e ir adaptando as estratégias. Por fim, começa a realização de testes com recurso mínimo para não impactar o orçamento.

A partir daí os dados devem ser analisados e os planejamentos devem ser adaptados para que os resultados venham da melhor forma possível.

[Passo 3] Recolha os dados e coloque a mão na massa

Analisar profundamente os resultados das primeiras metas é fundamental para alcançar os objetivos estabelecidos. Dessa forma é possível adaptar estratégias, procurar novas metas e até mesmo modificar levemente o objetivo.

Por fim, agora que você sabe como definir metas para empresa chegar ao objetivo, está esperando o que para começar? Desejamos bons negócios!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.