BNDES suspende pedidos de financiamento de Plano Safra

Menos de um mês após o início oficial do Plano Safra 2022/23 (1º de julho), o BNDES retomou as suspensões por falta de recursos.

Os recursos de algumas linhas de investimento do Plano Safra 2022/23, e oferecidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), já começaram a se esgotar.

Conforme aviso do banco de fomento divulgado em seu site, estão suspensos novos pedidos de financiamento, “em razão do nível de comprometimento dos recursos”, das seguintes linhas:

  • Crédito Agropecuário Empresarial de Investimento
  • Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária (Programa ABC+, exclusivamente às linhas ABC+ Recuperação, ABC+ Orgânico, ABC+ Plantio Direto, ABC+ Integração, ABC+ Florestas, ABC+ Manejo de Resíduos, ABC+ Dendê, ABC+ Bioinsumos, ABC+ Manejo dos Solos);
  • Construção e Ampliação de Armazéns (PCA, exclusivamente à linha destinada a operações com taxa de juros prefixada de até 8,5% a.a.);
  • Financiamento à Agricultura Irrigada e ao Cultivo Protegido (PROIRRIGA)
  • Desenvolvimento Cooperativo para Agregação de Valor à Produção Agropecuária (PRODECOOP);
  • Programa de Capitalização de Cooperativas Agropecuárias (PROCAP-AGRO Giro).

No ano-safra passado, várias linhas de crédito rural do BNDES também foram sendo suspensas por causa do esgotamento de recursos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.