NASA avisa que 17 erupções solares estão indo em direção à Terra

Uma tempestade geomagnética desencadeada por uma explosão de energia solar poderia destruir a rede elétrica de um país inteiro e desligar torres de telefonia celular e redes de comunicação.

Isso ocorre quando os astrônomos acreditam que estamos entrando em um período de aumento da atividade solar que pode atingir o pico em 2025.

Isso seria muito pior do que uma simples queda de energia, pois junto com as luzes, não teríamos acesso às informações.

E os especialistas estão realmente preocupados!

De pesquisas espaciais sobre a energia do sol a novos esforços que podem proteger usinas de energia contra um ataque de EMP (pulso eletromagnético), a ciência está se esforçando para manter nossas conexões abertas.

No entanto, às vezes o inesperado acontece, sem tempo de reação.

Erupções solares

Pelo menos 17 erupções solares de ponto único explodiram no espaço nos últimos dias e podem atingir a Terra como tempestades geomagnéticas.

Os cientistas estão debatendo quão forte será esse ciclo solar atual
Os cientistas estão debatendo quão forte será esse ciclo solar atual.

As erupções solares se originaram de uma mancha solar hiperativa, chamada AR2975, que está disparando erupções desde segunda-feira (28 de março).

Conforme relatado pela Sky News, as manchas solares são explosões no sol que ocorrem quando as linhas magnéticas se realinham repentinamente perto da superfície visível.

Às vezes, essas explosões estão associadas a ejeções de massa coronal (CMEs), ou fluxos de partículas carregadas que são lançadas no espaço.

O Solar Dynamics Observatory da NASA registrou imagens impressionantes de explosões solares, assim como o Observatório Solar e Heliosférico.

“As erupções lançaram pelo menos duas, possivelmente três, CMEs em direção à Terra”,

escreveu o SpaceWeather.com sobre o evento espacial.

A NASA e a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) acrescentaram que o primeiro CME chegará na quinta-feira, com pelo menos outro esperado na sexta-feira.

Os dados sugerem que as partículas podem gerar tempestades geomagnéticas G2 ou G3 (moderadas), embora as auroras sejam difíceis de prever.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.