Homem que causava pânico em mulheres de São Joaquim e Lages é preso pela Polícia Rodoviária

O assassino Juliano Pereira Alves, de 36 anos, que no dia 20 de janeiro de 2012 matou cruelmente uma técnica em enfermagem Rosângela Aparecida Castro com diversos golpes utilizando o guidão de uma bicicleta no Bairro Santa Catarina em Lages foi preso na tarde deste sábado pela Polícia Rodoviária do Painel por volta dás 14h20min enquanto se deslocava de São Joaquim para Lages.

A enfermeira Rosângela Aparecida Castro foi morta por golpes de guidão de uma bicicleta em 2012 pelo psicopata

Na época ele foi preso, julgado e condenado a cumprir a pena de 11 anos e 4 meses de reclusão, porém após cumprir alguns anos em regime fechado ele acabou sendo indultado.

Juliano Pereira Alves foi preso em 2012 e estava a solta causando uma onda de pânico em Lages e São Joaquim

Visivelmente perturbado, ele começou amedrontar mulheres da cidade de Lages e São Joaquim utilizando uma moto e causando também uma grande onda de pânico na comunidade.

Vídeo gravado por uma mulher mostra o exato momento em que ela causa pânico em uma residência:

Por conta da excelente atuação da Polícia Rodoviária do Painel o sujeito foi interceptado no Posto  Rodoviária na tarde deste último sábado (03), na abordagem ele ainda tentou reagir mas foi contido e algemado pelos próprios policiais.

Visivelmente transtornado, se jogou ao chão causando ferimentos na própria cabeça. Foi necessário o acionamento do SAMU para atender o homem que estava numa espécie de surto psicótico.

Segundo informações colhidas pelo Portal Notícias no Ato, o mesmo já estava com a liberdade revogada por apresentar distúrbios mentais e colocar a vida de outras pessoas em risco.

O mandado de prisão foi decretada pela Comarca de São Joaquim e o sujeito foi transferido para o presídio de Lages estando à disposição da justiça.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.