Polícia Militar Ambiental realiza mega operação de combate a caça ilegal na Serra Catarinense

A operação foi realizada na quinta-feira (16), a Polícia Militar Ambiental, através de suas unidades em Lages e Curitibanos, realizou patrulhamento ostensivo na região da Coxilha Rica e em alguns municípios da região serrana com objetivo de prevenir e combater a caça ilegal.
A operação, que contou com mais de 15 policiais militares ambientais, atuando em várias frentes ao mesmo tempo, rondando por várias vias na região, que possui mais de 100 quilômetros quadrados, além de realizar abordagens a veículos e pessoas.
A missão realizada integra a operação de combate a caça ilegal idealizada pelo comando de policiamento ambiental, a qual vem sendo executada em todo o estado de Santa Catarina.
Estas ações visam impedir o abate de animais silvestres (os quais não são permitidos o abate), além de fiscalizar a documentação daqueles autorizados a realizar o controle do Javali (espécie exótica e única que pode sofrer o controle).
Com a realização de operações preventivas/repressivas como a de hoje, a Polícia Militar Ambiental busca reprimir o abate de animais da nossa Fauna, bem como, com presença ostensiva, prevenir a ocorrência de outros crimes ambientais, além de levar segurança a população destas localidades.
Com informações da Polícia Militar Ambiental

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.