Cão Hunter ajuda Bombeiros a localizar homem desaparecido em Santa Catarina

Um homem de 58 anos foi encontrado na manhã desta sexta-feira, na região de Vista Alegre, na cidade de Imbuia. Ele sofre de Alzheimer e estava desaparecido desde 17h da última segunda-feira, 7, segundo os familiares. Após quatro dias de buscas, a equipe do Corpo de Bombeiro Militar de Santa Catarina conseguiu localizá-lo e encaminhá-lo ao hospital do município.

“Nesta sexta de manhã foi localizado um chinelo, como pista, que a família deu certeza que era dele e a partir disso fizemos uma varredura na área, em que encontramos rastros, pegadas, galhos quebrados, até que conseguimos avistar ele na mata. O senhor já estava bem desidratado, debilitado, bastante cansado, já que praticamente cinco dias esteve caminhando na mata”, conta o cabo BM Ronaldo Fumagalli.

As primeiras buscas foram realizadas pelos bombeiros militares ao serem acionados durante a madrugada do dia 7. Na manhã de terça-feira, o binômio (bombeiro militar e cão de busca) formado pelo cabo BM Ronaldo Fumagalli e Hunter, junto com o Soldado BM Giandro, de Curitibanos, foram empregados para procurar o homem pela região.

Segundo o cabo, a perícia da corporação foi importante mais uma vez para desenvolver todo o processo de busca até a localização: “Tem todo o trabalho terrestre envolvido, são várias técnicas utilizadas e a experiência que o CBMSC tem neste tipo de ocorrência ajuda, como a coleta de informações, a parte de rastreamento humano observando a mata, verificando rastros deixados pelas pessoas perdidas”.

Já em relação ao emprego do animal, Fumagalli exalta a participação do animal para o êxito na operação.  “O cão consegue passar por uma área muito grande em bem menos tempo do que os humanos levariam, então o Hunter nos ajuda nas buscas eliminando áreas de mata mais intensa e por meio do olfato buscando a direção correta da vítima”.

 

Com Informações do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina – CBMSC

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.