Em Brasília, Carlos Moisés e primeira-dama recebem confirmação de mais uma Casa da Mulher Brasileira para Santa Catarina

Em reunião no Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, o governador Carlos Moisés e a primeira-dama do Estado, Késia Martins da Silva, receberam a confirmação de mais uma Casa da Mulher Brasileira para Santa Catarina. O anúncio foi feito pela ministra Damares Alves, durante encontro nesta quinta-feira, 28, em Brasília.

“Ficamos muito felizes com esta notícia para Santa Catarina e com as novas parcerias que serão construídas para ampliar a capacidade do Estado em atender quem mais precisa”, destaca o governador Carlos Moisés.

A instituição será instalada em Florianópolis, enquanto avançam tratativas para implementação de mais uma unidade no interior do estado.

“Foi uma reunião muito positiva, com pautas bem relevantes para Santa Catarina. O estado irá ampliar o atendimento especializado às mulheres que precisam de auxílio”, ressalta a primeira-dama.

O encontro também foi acompanhado pelo secretário de Articulação Nacional, Lucas Esmeraldino.

Casa da Mulher Brasileira

Em Santa Catarina, o município de Tubarão, no Sul do estado, já iniciou a implantação de uma Casa da Mulher Brasileira. A expectativa é que o equipamento possa ser entregue ainda neste ano.

A Casa da Mulher Brasileira é um centro de atendimento humanizado e especializado no atendimento à mulher em situação de violência doméstica. O espaço reúne Juizado Especial voltado para o atendimento à mulher; Núcleo Especializado da Promotoria; Núcleo Especializado da Defensoria Pública; Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher; Alojamento de passagem; Brinquedoteca; Apoio psicossocial, e capacitação para a sua autonomia econômica. Trata-se de uma das principais ações do Programa Mulher Viver sem Violência, da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, da Presidência da República.

Outras pautas

De acordo com a primeira-dama, além do apoio do Ministério para o fortalecimento da Rede Catarina de Proteção à Mulher, a implementação de conselhos de idosos nos municípios também foi pauta da reunião.

“O Ministério será parceiro na capacitação dos municípios para a implantação dos conselhos. Eles serão uma ferramenta importante na captação de recursos para as ações em favor da pessoa idosa”, completa a primeira-dama.

Por Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa Secretaria de Estado de Comunicação – Secom

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.