Vacinação em SC: Estado recebe 132 mil doses da vacina contra a Covid-19

Santa Catarina recebeu nesta quarta-feira, 4, mais duas remessas com 132.750 doses da vacina contra a Covid-19. A primeira, com 45 mil doses da Coronavac, chegou às 10h20. O voo com a segunda remessa, com 87.750 doses da vacina Pfizer, pousou no aeroporto da Capital às 18h15.

As doses recebidas estão sendo organizadas para serem distribuídas para as 17 unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVEs) das Regionais de Saúde de Santa Catarina. A distribuição começa na quinta-feira, 5, pela manhã.

“É muito importante essa logística de distribuição para entregar as vacinas no menor tempo possível aos municípios. Seguimos firmes nesse compromisso, e precisamos também do comprometimento da população para que compareça nos locais de vacinação e retornem para tomar a segunda dose”, frisa o governador Carlos Moisés.

:: Mais fotos na galeria 

Como de costume, para acelerar o processo de distribuição, as doses centrais da Grande Florianópolis, Tubarão, Criciúma, Araranguá, Blumenau, Jaraguá do Sul, Joinville e Itajaí serão transportadas via terrestre. Já as doses das centrais de Chapecó, Xanxerê, Concórdia, Videira, Mafra, Rio do Sul, Lages e Joaçaba serão distribuídas pelo avião do Corpo de Bombeiros Militar.

Do total recebido, 110.250 serão enviadas para aplicação da primeira dose (D1). As demais vão ficar reservadas na Rede de Frio Estadual para envio posterior, respeitando o intervalo de aplicação entre a primeira e a segunda dose.

:: Confira aqui a tabela de distribuição de doses, por município, e as informações repassadas às secretarias municipais de Saúde

“A distribuição das vacinas para os municípios catarinenses será proporcional à população residente. Os municípios devem utilizar essas doses para dar continuidade à vacinação dos grupos prioritários ainda não vacinados e também para vacinar a população por faixa etária, de forma decrescente, da maior idade para a menor”, esclarece o diretor da Dive, João Augusto Brancher Fuck.

Por Amanda Mariano
Bruna Matos
Patrícia Pozzo
NUCOM – Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) Secretaria de Estado da Saúde

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.