9 frases que incomodam pessoas com depressão e os motivos

A depressão é um problema médico sério. Ela afeta negativamente a forma como as pessoas pensam, sentem e agem. Essa doença pode levar a diversos problemas físicos e emocionais. De acordo com o Ministério da Saúde, estudo epidemiológico aponta que a prevalência de depressão ao longo da vida é de aproximadamente 15,5%, no Brasil.

O tratamento é medicamentoso e psicoterápico, mas o apoio de amigos e família é relevante para o estado geral da pessoa que passa com depressão. No entanto, as pessoas nem sempre sabem o que falar e como ajudar. Assim, às vezes, mesmo quando o objetivo é ajudar, há quem acabe fazendo comentários que podem prejudicar mais do que auxiliar.

A partir dessa percepção, o HuffPost pediu que pessoas com a doença compartilhassem comentários que incomodam e o motivo. As nove frases indicadas foram as seguintes.

1 Você deveria tentar fazer exercícios

Crystal N. falou que não nega os efeitos dos exercícios para o cérebro. Mas a depressão torna difícil até mesmo sair da cama. Além disso, ela disse sentir-se pior quando vive um de seus piores momentos e alguém fala que ela deveria fazer exercício.

2 Está tudo na sua cabeça

Karla Culbertson considera que isso é, geralmente, dito por pessoas que nunca passaram por depressão. Essas pessoas não compreendem os efeitos colaterais dessa doença. Isso representa falta de compaixão e compreensão, na opinião de Karla, por isso a incomoda. Esse tipo de comentário sugere que depressão não é importante e quase faz parecer algo imaginário.

3 por que você não se deixa ser feliz?

A menos que exista algum tipo de elixir da felicidade, para Craig Tomashoff, alegria não é algo que uma pessoa com depressão possa simplesmente se permitir experimentar por demanda. Sugerir que alguém com depressão crônica deveria apenas “ser feliz”é uma fantasia. Assim como é impossível para alguém que viveu sempre na escuridão considerar a noção de viver na luz.

4 Você está sendo egoísta

Quando alguém com depressão fala algo como “você ficaria melhor sem mim”, eles podem pensar estar sendo totalmente altruístas. Assim considera Katie Leikam, porque estão realmente sofrendo e podem sentir que aliviam a dor daqueles que amam. Ela sente frustração por as pessoas aumentarem a culpa e assim aumentar a depressão de quem já passa por esse problema.

5 Medicação não é a resposta

Diversas pessoas falaram para Crystal que ela é muito jovem para tomar medicamentos, ou que não deveria tomar. Ela pensa que, às vezes, você não consegue passar por aquilo sozinho e considera que não deveria ser motivo de vergonha receber auxílio com medicamentos.

6 Apenas seja mais positivo

Sow Ay sente que quem fala isso não aceita o fato de a depressão é uma doença real, séria e mortal. Sente-se incomodado por parecer que as pessoas pensam que não está lutando e não faz coisa alguma. É difícil entenderem que com depressão cada coisa se torna muito difícil.  Esse tipo de comentário encerra a conversa e essas são pessoas que ele não procuraria se precisasse de ajuda. Sow Ay diz não ter energia para explicar que é muito mais complicado do que isso, então simplesmente se fecha.

7 Poderia ser pior

Essa frase, para Culbertson, tira o valor dos pensamentos e sentimentos das pessoas. Além disso, afasta do processo de cura, que é muito difícil de começar. Apesar de quem diz isso possivelmente ter a intenção de ajudar, acaba tornando as coisas piores.

8 É apenas um dia ruim

Um dia ruim não dura por dias e, possivelmente, semanas. Crystal pede que as pessoas não minimizem sua luta para sair da cama, se vestir e comer, relacionando as dificuldades da depressão as de um dia ruim no trabalho.

9 Por que você não falou sobre como estava se sentindo?

Tomashoff diz não ter motivos para duvidar que a maior parte das pessoas que fazem essa pergunta tem boas intenções. No entanto, é uma pergunta ingênua para se fazer a alguém que vive com depressão. No mundo em que vivemos, se abrir dessa forma não é visto como sinal de força, mas mais provavelmente como um grande aborrecimento. [HuffPostMinistério da SaúdeAmerican Psychiatric Association]

 

Por 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.