Homem recusa usar máscara, vandaliza sorveteria, humilha funcionária e depois diz que é cidadão de bem

Um homem muito alterado foi flagrado quebrando objetos em uma sorveteria após a proprietária pedir que ele cobrisse o rosto com a máscara.

Veja o vídeo:

O caso ocorreu em São Paulo e conforme a proprietária do estabelecimento, o homem entrou na sorveteria com a máscara no queixo. Ela então pediu para que ele colocasse a máscara sobre o rosto para atendimento no caixa. Logo em seguida, começaram as agressões e ofensas. A ação foi gravada por outros clientes da sorveteria.

Mais tarde pelo Instagram, o homem que vandalizou a sorveteria ainta tentou explicar a situação: “Parem de falar o que não sabem. Só ouviram um lado da história. Minha vida está virando um inferno… Não mereço ser agredido desta forma. Estou sofrendo ameaças de mortes  por causa de uma discussão onde ambas as partes estavam erradas. Eu sou um cidadão de bem, nunca faria mau (sic) a alguém. Agora vão querer me crucificar?”,

O perfil do homem que vandalizou a sorveteria não está mais disponível nas rede sociais.

 

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.