Botijão de gás hélio explode e homem morre na expocentro, em Curitibanos

A vítima morava em Lages, mas era natural da Paraíba e a explosão destruiu paredes, danificou dois veículos e lançou estilhaços a mais de 30m de distância

Um botijão de gás hélio explodiu na tarde deste domingo (8) em Curitibanos, durante a Expocentro, festa que acontece na cidade neste fim de semana. Segundo os bombeiros, um homem de 37 anos, identificado como Tomaz Magno Lopes dos Santos, teve parte do braço e perna esquerda amputados com a explosão e foi socorrido em estado grave, mas morreu no hospital. Outra vítima, de 55 anos, estava perto no momento do ocorrido e teve ferimentos superficiais.

A explosão ocorreu por volta das 16h15min deste domingo, último dia de festa. A Expocentro acontece desde a sexta-feira (6) em Curitibanos, no Parque Pouso do Tropeiro.

O botijão era utilizado para encher balões vendidos no evento, mas, segundo os bombeiros, no momento do acidente a venda não acontecia, pois a vítima estava atrás de um dos pavilhões da festa. Segundo a guarnição, o homem provavelmente manuseava o produto.

As duas vítimas foram levadas para o Hospital Hélio Anjos Ortiz. Um deles teve a mão e parte do braço e a perna esquerda amputados e ferimentos no abdômen no momento da explosão. Tomaz chegou a ser socorrido em estado grave, mas morreu no hospital.

Até a publicação desta matéria, os bombeiros ainda não haviam localizado os membros amputados da vítima. Ele morava em Lages, mas era natural da Paraíba.

Segundo os bombeiros, a segunda vítima tinha ferimentos superficiais nos membros inferiores. A guarnição esclareceu que ele não manipulava o cilindro que gerou a explosão, nem possuía qualquer envolvimento com o homem que se feriu mais gravemente.

Ainda segundo o relatório da corporação, a explosão gerou uma onda de choque muito severa, que destruiu paredes, danificou dois veículos e lançou estilhaços a mais de 30m de distância.

De acordo com os bombeiros, um laudo com as causas e circunstâncias da ocorrência será elaborado em até 30 dias.

GAGUINHO PARAÍBA FOI VÍTIMA DA EXPLOSÃO DE GÁS HÉLIO NO MUNICÍPIO DE CURITIBANOS, ONDE ACONTECIA A EXPOCENTRO.


Com informações: NSC total

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.