Onça-pintada mais velha do Brasil morre em Brusque, diz prefeitura

Foto: Prefeitura de Brusque/ Divulgação

Nina, a onça-pintada mais velha do Brasil, de 25 anos, morreu no domingo (12) em Brusque, no Vale do Itajaí. A informação foi divulgada pela prefeitura nesta segunda-feira (13). O animal, que vivia no Parque Zoobotânico do município, passou por um procedimento cirúrgico em maio.

Segundo a prefeitura, Nina era considerada a onça-pintada mais velha do país pelo Plano de Ação Nacional para Conservação de Espécies Ameaçadas de Extinção.

Nina chegou ao parque de Brusque em 1997, com aproximadamente três meses de vida. De acordo com a prefeitura, Nina vinha apresentando sintomas de velhice desde 2018. Devido a um tumor no abdome, no entanto, ela piorou em 2022.

De acordo com o município, a onça-pintada passou por cirurgia e voltou bem para o parque. Ela morreu um mês depois “por causa naturais”.

Segundo o diretor-geral do Zoobotânico, Carlos Alexandre Reis, Nina viveu mais que a média da espécie. Ele conta que ela era um dos animais preferidos do público.

Na época da cirurgia de Nina, o procedimento foi classificado como “bem complicado”. Segundo a direção do parque, no entanto, o animal estava se recuperando bem.

Com informações: G1

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.