in

40ª Feira do Terneiro e da Terneira de São Joaquim atinge o Novo Record Estadual de preço

O Sindicato Rural de São Joaquim realizou neste último domingo (21) a 40ª edição da Feira do Terneiro e da Terneira no salão de remates do Sindicato Rural, dentro das dependências do Parque de Exposições da Maçã em São Joaquim com mais de 700 animais de raças britânicas e continentais em uma genética jamais antes vistas nos últimos tempos.

A feira teve pista limpa, todos os animais foram vendidos, grande público e também um recorde estadual na venda do macho que atingiu a média de R$ 7,30 macho gerando um valor de mais de
940 mil na transação de negócios para a pecuária que representa a segunda economia do município de São Joaquim.

 

A Média

R$  7,30 macho (Novo Record estadual)
R$  6.76 fêmea

 

As Declarações

 

“Pode se resumir como um extraordinário sucesso, a evolução muito grande na média em relação ao ano passado os machos chegou a R$ 7,30, melhor resultado, até agora, em todo o Estado, uma media fenomenal. E as fêmeas R$ 6.76, ou seja 14% de acréscimo de sobre o ano. Foi sem dúvida um resultado mais surpreendente positivamente.  Então liquidez total, 100% de venda,  parabéns a todos que venderam e aos que compraram, um realmente foi um grande leilão, o Domingo de Páscoa provou e desmascarou nós mesmos que tínhamos um certo receio, mas enfim foi uma feira extraordinária”.  Destacou o Leiloeiro Delamar Macedo

 

“A feira, tradicionalmente, traz muita qualidade, aonde os nossos pecuaristas mostram a nossa força, a qualidade do rebanho de são Joaquim e agrega muito. A pecuária, hoje, é a segunda economia do município, então temos que acreditar e apoiar estes grandes eventos assim como vai ter na Festa da Maçã a exposição da ARCS a Associação Regional de Cabanhas dos Campos de Cima da Serra aonde vamos poder, também, estar mostrando nossa genética. São Joaquim hoje já é exportador desta grande genética e para nós é um orgulho muito grande poder saber que temos aqui  uma pecuária de muita qualidade” Pontuou o Prefeito Giovani Nunes

 

“Foi nesta 40ª feira que emplacamos um resultado extraordinário, mas tudo isso se deu em função da qualidade dos animais que vieram para comercialização. Os produtores rurais de são Joaquim estão de parabéns, porque trouxeram animais de uma genética jamais vista na Serra Catarinense, isso é fruto do trabalho Ateg que estamos desenvolvendo através da assistência técnica gerencial e pecuária de corte. Mais da metade dos animais eram de inseminação artificial através do protocolo e ATF. Os compradores, com certeza, fizeram uma boa aquisição, porque compraram animais com uma genética de muita qualidade.  Superamos todas as expectativas de preço, resultado da qualidade dos animais, em função de lotes padronizados. Atingimos a média recorde do estado e com um preço que foi compatível de acordo capacidade dos animais” Informou Marcos Pagani, o Presidente do Sindicato Rural de São Joaquim.

 

“O leilão foi um sucesso, pista limpa, foi vendido todos animais, animais de muita qualidade e diferenciados realmente.  Isso mostrou na venda, um recorde de venda. Estão de parabéns todos os produtores que trouxeram o seu gado e apostaram que o leilão seria sucesso.” Respondeu o produtor Cléber Pagani.

 

A Super Equipe do Sindicato Rural de São Joaquim

 

As imagens

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Vereadora de Bom Jardim crítica vereadores de São Joaquim

Atores Globais Thiago Lacerda e Rogério Rodrigues gravam filme na Serra do Rio do Rastro