13 de Maio de 1987 – Tornado devasta parte de São Joaquim deixando 05 mortos e destruindo 250 casas

Neste fatídico 13 de Maio de 2019 trás um dado histórico, e, até então, inesquecível para centenas de famílias São Joaquim que há 32 anos atrás, mais precisamente naquela indesejável tarde de 13 de maio de 1987 passaram por um pesadelo nunca antes visto…

Era apenas mais uma tarde, quando uma tempestade repentina começou a se formar nos céus de São Joaquim, as pessoas se abrigaram dentro de suas casas esperando que a chuva passasse, mas o que ninguém sabia é que aquela tempestade que estava se formando era apenas o prenúncio de uma grande catástrofe…

Segundo Ronaldo Coutinho, do Climaterra, junto com a tempestade começou a se formar uma grande área de instabilidade que aos poucos foi se formando em uma coluna de ar girando de forma violenta e que tocou rapidamente o solo na condição de um Tornado F3 com ventos entre 250à 320 km/h segundo a escala Fujita devastando tudo o que encontrava pela frente casas, carros, caminhões…

E que causou a morte de 05 pessoas dentre elas 03 crianças, sendo duas delas da mesma família no Bairro Praia Verde e transformando quele evento na maior catástrofe que São Joaquim já enfrentou.

 

Mas tarde a cidade se transformou num verdadeiro pandemônio com centenas de desabrigados, sem água, luz e telefone. O Município precisou de auxilio de cidades vizinhas para se reerguer após a catástrofe.

O evento ficou conhecido como o vendaval de 1987, porém mais tarde se descobriu que não se tratava de um vendaval mais sim de um poderoso tornado F3. Ainda de acordo com Ronaldo Coutinho, o Tornado de 1987 foi mais forte e intenso que o de Xanxerê em 2016 que foi classificado na categoria ascendente de F2 para F3.

Por sorte a rota do Tornado de São Joaquim culminou para uma área não tão povoada ainda. Segundo informações de especialistas, estes tornados costumam a ocorrer em São Joaquim a cada 07 anos, sendo geralmente das categorias de F-0 a F-1, em 1987 foi o mais intenso, atingindo a Categoria F-3.


As imagens postadas numa rede social através do Grupo Sou de São Joaquim da Costa da Serra pelo fotógrafo Alexandro Reis mostram o cenário de destruição de São Joaquim por um vendaval que atingiu grande parte da cidade naquela fatídica tarde de 13 de maio de 1987.

O redemoinho de vento entrou pelo portal da saída para Lages varrendo em linha reta as casas dos Bairros Jardim Minuano, Hercílio Vieira do Amaral, Monte Carlo, Santa Cruz e vindo a se dissipar no Bairro Praia Verde onde fustigou todo o seu poder de destruição final.

São Joaquim só enfrentou algo parecido em 11 de Novembro de 2013 quando um tornado outbreak (tempestade de tornados) atingiram várias propriedades e indústrias de processamento de maçã e vinho, só que desta vez longe da área central de São Joaquim.


 

Relatos das pessoas que sobreviveram ao Tornado que passou em São Joaquim em 13 de Maio de 1987…. (Reportagem exibida pela NCS em 2017 quando o evento fazia 30 anos) hoje, em 13 de Maio de 2019 faz 32 anos da maior catástrofe climática que São Joaquim já presenciou deixando 05 mortos e mais de 250 casas arrasadas:

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.