“Ela não queria” eu aceitei e nós a perdemos…Pais criam campanha sobre o uso da cadeirinha

“Ela não queria… eu aceitei e nós a perdemos. Use a cadeirinha”. O alerta, feito pelos empresários Sandra e Rembrandt Cordeiro, pode ser lido em um outdoor na cidade de Barreiras (BA) e em postagens no Facebook. Em 2009, o casal perdeu a filha caçula Emilly Raquel, na época com 3 anos, em um acidente de trânsito e, desde então, decidiu criar uma campanha para conscientizar as pessoas em relação à segurança de crianças dentro do carro.

Quando o acidente ocorreu na BR 242, próximo a cidade de Ibotirama (BA), Emilly não usava a cadeirinha e foi a única vítima fatal. No carro, que capotou por causa de uma depressão da pista em obras, também estavam a mãe, a tia, grávida de 3 meses, e o tio da menina. A família voltava de uma visita de fim de semana à casa dos avós. “Tem dias que a saudade é tão intensa que dói, chega a arder”, contou Sandra em entrevista a CRESCER. “Mas a fé que tenho no nosso reencontro e o apoio de minha família é o que me faz suportar a partida do nosso anjo”.

Hoje, a família mantém uma página no Facebook chamada Amigos da Emilly, em que divulgam ações feitas para honrar a memória da menina. Entre elas, estão a colocação de painéis publicitários, sobre a conscientização do uso da cadeirinha e do cinto de segurança, e a organização de eventos infantis com cama elástica, tobogãs, piscina de bolinhas, máquina de algodão doce e pipoca em um parque infantil adquirido pela família. A ideia é levar entretenimento às crianças mais carentes do município.

Os painéis publicitários foram uma das ações mais recentes dos pais de Emilly. ”A ideia do outdoor com a mensagem da cadeirinha foi para alertar os outros pais da importância do uso”, afirma Sandra. “Realmente, é preciso fazer a coisa certa, e não se render à birra dos filhos quando eles não querem usar a cadeirinha ou  o cinto”. Com a campanha, os pais esperam mudar para melhor as histórias de outras famílias.

Melhor aguentar choro de incômodo do seu bebê, por uma situação não confortável, do que chorar sua vida inteira pela perda do pequeno. Use cadeirinha e salve a vida do seu filho.

Fonte: Crescer

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.