Está chegando o período de colheita do tão apreciado pinhão

A colheita das sementes de Araucária, o pinhão, bastante aguardado pela população da região, por seu gosto característico e pela presença regionalizada, o pinhão é muito apreciado no sul do Brasil. Em breve o pinhão poderá ser saboreado; No estado de Santa Catarina no dia 1 de abril, a liberação, transporte e comercialização, conforme a Lei nº 15.457, de 17 de janeiro de 2011, que regulamenta a colheita das pinhas e sementes em Santa Catarina.

Só a temperatura abaixar ele dá o ar da graça, basta esfriar para surgir aquela vontade de comer pinhão.

4100285_x720
Foto G1 colheita de Pinhão

O termo pinhão geralmente designa as sementes da Araucaria angustifolia, árvore de destacada importância cultural, econômica e ambiental na região sul.

90923098_246424906526296_4336069299799064576_n

O objetivo da data para início do comércio e da colheita é proteger a reprodução da araucária, que é a árvore símbolo no sul do Brasil.  Além de garantir o consumo sustentável, que gera fonte de renda para muitas famílias do interior.

pinhao_2-3779019

O pinhão se forma dentro de uma pinha, fechada, que com o tempo vai-se abrindo até liberar o pinhão. Nas pináceas (a exemplo do Pinus elliottii), as sementes são dotadas de uma película, como uma espécie de asa, que se descola da pinha madura e possibilita que as sementes sejam espalhadas pelo vento, iniciando-se assim o processo de crescimento de um novo pinheiro.

 

O pinhão mede entre cinco e oito centímetros, e tem a forma de uma cunha cuja casca recobre a massa compacta e altamente energética da semente propriamente dita.

00b9d823

Em Santa Catarina o pinhão é talvez a comida mais típica do estado, sendo consumido assado ou cozido, destacando-se alguns pratos, como a paçoca de pinhão e o entrevero. 

91007085_825744161237082_613279561311846400_n

Além de ser utilizado como ingrediente em alguns pratos, o pinhão pode ser consumido de forma isolada, normalmente assado ou cozido. Tradicionalmente, o pinhão era sapecado no chão do campo em meio às próprias grimpas da araucária.

A partir do dia 1 de abril será a época em que você encontrará esta semente deliciosa em diversos lugares e de diversas maneiras de preparo. Saiba um pouco mais sobre esta delícia.

Propriedades Nutricionais do pinhão de Araucária angustifolia, cozido (nutrientes por 100g e %):

Energia: 174 kcal – 730 kJ

Proteína: 3 g – 3%

Lipídeos: 0,7 g – 0,7%

Carboidratos: 43,9 g – 43,9%

Fibras: 15,6 g – 15,6%

Cinzas: 1,8 g – 1,8%

Cálcio: 16 mg – 0,016%

Magnésio: 53 mg – 0,053%

Manganês: 0,41 mg – 0,00041%

Fósforo: 166 mg – 0,166%

Ferro: 0,8 mg – 0,0008%

Sódio: 1 mg – 0,001%

Potássio: 727 mg – 0,727%

Cobre: 0,18 mg – 0,00018%

Zinco: 0,8 mg – 0,0008%

Vitamina C: 27,7 mg – 0,0277% (Wikipedia).

Alertando para diabéticos, nao consumir exagero e consultar um nutricionista.

pacoca_de_pinhao_close-900779

A maioria das pessoas a maneira que mais gosto de degustar pinhões é “na chapa”. O termo vem do processo de assar os pinhões na chapa quente do fogão a lenha. Se não tiver fogão c chapa, você pode utilizar uma panela de ferro. Depois de assado, o pinhão é batido com um martelo e está prontinho para ser saboreado.

91179411_440785496711411_1487968974200111104_n

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.