Jovem do Oeste de SC é surpreendido com doação de quase R$ 1 milhão e viraliza, veja o vídeo

O jovem do Oeste de Santa Catarina, de Cunha Porã, recebeu uma doação de R$  900 mil durante uma live na Twitch, na última quarta-feira (15). Leonardo Kuhn “BRlk” é atua como streamer brasileiro e começou a fazer streams de jogos para pagar o tratamento do irmão mais novo, que foi diagnosticado com esquizofrenia.

A doação foi feita de forma anônima, mas o doador afirmou que quis contribuir com o streamer porque ele havia ajudado o doador a superar a depressão. Leonardo se emocionou durante a transmissão, o garoto de 18 anos começou a fazer lives para custear o tratamento do irmão mais novo diagnosticado com esquizofrenia.

A surpresa aconteceu na última quarta-feira, 15, quando Leonardo estava streamando e um aviso de doação apareceu durante a transmissão. A notificação informava que o valor da doação era de R$ 900 mil. Junto dos números, estava a seguinte mensagem: “boa noite mano, sou em que faço os donates em anônimo.

Vou continuar anônimo porque não quero nada em troca.

Você mudou a minha vida. Graças às suas lives eu não me suicidei e minha depressão foi curada”.

Inicialmente, Leonardo não acreditou no que havia acontecido. O streamer pensou que aquilo podia ser um bug ou uma doação falsa. Posteriormente, o doador, ainda de forma anônima, o tranquilizou dizendo que a doação não era falsa. No Twitter, BRlk explicou que o valor foi alto porque originalmente a doação foi feita em Euro.

O jovem passou por diversas situações difíceis durante a vida. Leonardo perdeu o pai quando ainda era um bebê, e mais tarde, aos 15 anos, começou a trabalhar em mais de um emprego para ajudar a família a custear o tratamento do irmão mais novo, de 7 anos, diagnosticado com esquizofrenia.

Há um ano, Leonardo decidiu fazer lives para continuar ajudando a mãe financeiramente, mas contou que muitas pessoas tentaram fazer com que ele desistisse.

Em um canal do youtube, o garoto contou que quem o inspirou a começar com as streams foi José Roberto “Sparda” do Nascimento Junior, streamer que também luta para ajudar a família financeiramente.

Um ano depois, o jogador conseguiu atingir a meta de doações que havia estipulado um ano antes: R$ 30 mil, após passar mais de 50 horas streamando. Pouco tempo depois, sofreu um ataque cardíaco. Segundo o streamer, seu coração parou de funcionar por cerca de uma hora.

Já recuperado, ele voltou a realizar transmissões, principalmente jogando Counter-Strike: Global Offensive, game do qual é fã – segundo BRlk, ele é o maior torcedor da Evil Geniuses, equipe que conta com o treinador brasileiro Wilton “zews” Prado. O garoto disse no Twitter que quer morar na Alemanha para tentar a sorte como pro player. “Vou fazer de tudo pra dar certo, depois vou levar minha familia”, contou Leonardo.

Veja o vídeo a emoção do jovem

Fonte Peperi

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.