Comarcas catarinenses chamam a atenção para um assunto importante: o câncer de mama

A comarca de Fraiburgo, no Meio-Oeste, já está iluminada com a cor que simboliza, mundialmente, o esforço contra o câncer de mama e estimula populações a se conscientizarem sobre a importância dos cuidados com a saúde e o diagnóstico precoce. Em Bom Retiro, na Serra Catarinense, a fachada do prédio do Fórum também receberá, em breve, a cor rosa para reforçar a importância do assunto.

Na comarca de Otacílio Costa, os servidores vestiram camisas rosa para lembrar colegas, amigas e parentes de que é preciso se cuidar. “Nosso intuito é chamar a atenção das mulheres para que adotem um estilo de vida saudável. Se possível, que pratiquem algum tipo de atividade física e tenham boa alimentação para evitar doenças, como o câncer de mama, que é o tipo mais comum entre elas”, destaca o assessor jurídico Luan Vinicius de Souza Kuttert.

Neste ano, por conta da pandemia, as ações coletivas e eventos relacionados à campanha deixaram de ser feitos para evitar aglomeração e o contágio do coronavírus, mas outras formas de falar sobre o assunto surgiram. A enfermeira Bruna Correa Vaz, coordenadora do Centro de Estudos e Assistência à Saúde da Mulher da Prefeitura de Lages, diz que é possível fazer palestras e orientações on-line ou ainda compartilhar materiais informativos de forma digital.

“É possível imprimir essas informações e colocar junto um bloquinho com a sugestão para que a mulher anote diariamente o que de bom aconteceu no seu dia. Ainda, quais hábitos ela conseguiu mudar ou melhorar”, indica Bruna.

Live sobre câncer de mama

A Diretoria de Saúde do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) promove uma live na terça-feira (13/10), às 14 horas, com a participação da médica mastologista Liliane Raupp Gomes Pizzato, e de três servidoras do PJSC: Xislayne Nastassja Bragato, técnica judiciária auxiliar da comarca de Itajaí; Graciela de Oliveira Richter Schmidt, médica e diretora de Saúde; e Juliana Schlickmann Barcelos, psicóloga da Diretoria de Saúde. O objetivo da live é debater o assunto de forma objetiva, trazer os novos dados científicos sobre o tema e os caminhos da prevenção.  

Participação das comarcas

As comarcas que desenvolverem ações e desejarem compartilhar podem enviar fotos e informações para os jornalistas das regiões.

Por Ângelo Medeiros- Assessoria de Imprensa/NCI

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.