TravaZap: o que é a mensagem que pode fazer você perder acesso ao WhatsApp

Há uma moda extremamente desagradável envolvendo o WhatsApp rolando principalmente no Brasil. Chamada de “TravaZap”, “Contact Bomb”, “Binário”, “Crashers” e por aí vai, essa ação, que acontece há alguns anos, tem como objetivo fazer a pessoa que recebe a mensagem perder acesso ao aplicativo.

O funcionamento desse tipo de prática se aproveita de falhas do WhatsApp para ocorrer – e daí a importância de você manter sempre seu aplicativo atualizado até a última versão, já que é por meio dos updates que o mensageiro acaba corrigindo bugs que podem ser aproveitados por usuários maliciosos.

A moda do TravaZap já se espalhou tanto que virou motivo de alerta de sites especializados no aplicativo, como o WaBetaInfo, que antecipa novidades do mensageiro antes que chegue aos usuários. De acordo com o site, a prática desagradável é popular principalmente no Brasil, apesar de rolar também em outros países.

O que é o TravaZap

O TravaZap envolve o envio de uma mensagem que tem como objetivo, literalmente, travar o WhatsApp da pessoa que a recebeu. Essas mensagens não fazem nenhum sentido e contêm diversos caracteres estranhos – é exatamente a combinação desses caracteres que pode fazer o app travar.

Após ler a mensagem inteira, o aplicativo do usuário que recebeu o conteúdo pode travar e não abrir mais. Isso porque, em alguns casos, o software não é capaz de processar o conteúdo composto de uma estrutura estranha.

Alguns tipos de mensagens podem fazer o WhatsApp apresentar um “crash infinito”, em que o app fecha automaticamente toda vez que o usuário tenta abrir o aplicativo.

Os conteúdos das mensagens podem variar, mas o objetivo é o mesmo. O usuário alvo da ação pode receber ou uma mensagem em texto completamente estranha ou, em outros casos, uma lista de cartões de contatos em que os nomes também são compostos de caracteres estranhos.

Na loja de aplicativos do Google, existem versões modificadas do WhatsApp que supostamente oferecem proteção contra essa prática. Contudo, não é recomendável baixar versões que modificam o WhatsApp, já que você pode ter sua privacidade das conversas e da própria conta afetada, além de correr o risco de ser punido pelo próprio WhatsApp.

Segundo o WaBetaInfo, existem grupos em que essas mensagens são criadas e compartilhadas para mandar aos outros usuários. Os códigos variam entre diferentes plataformas, tendo alguns que visam o Android e outros com foco no iOS.

O que fazer se receber a mensagem

A primeira coisa a fazer ao receber uma mensagem do tipo é tentar bloquear o contato que a enviou a partir de uma sessão ativa no WhatsApp Web, como recomenda o WaBetaInfo. Após isso, você deve mudar sua privacidade de grupos para que apenas contatos possam te adicionar a grupos e então remover a mensagem desagradável, se possível, pelo computador.

Se você não tiver uma sessão do WhatsApp Web ativa e não puder criar uma nova já que o aplicativo está travado, você deverá ter que infelizmente reinstalar o mensageiro, possivelmente perdendo seu histórico de chats.

É importante manter um backup ativo do WhatsApp para que você consiga recuperar o seu histórico de conversas ao reinstalar o aplicativo.

O problema de mensagens que travam o WhatsApp já rola há anos, com o aplicativo sempre tentando elaborar correções para isso. Muitas vezes usuários enviam os conteúdos de brincadeira para outros amigos – isso não deve ser feito em hipótese alguma, já que envolve uma falha grave de sistema e pode resultar em perdas irreparáveis.

  • TravaZap são mensagens que visam fazer o WhatsApp de outra pessoa travar
  • Mensagens são compostas de caracteres estranhos e não fazem sentido
  • Conteúdos se aproveitam de falhas do app para travar aplicativo
  • Vítimas podem ser obrigadas a reinstalar o WhatsApp e perder histórico

Com informações Uol

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.