Joaquinense tem pesquisa aprovada em Congresso Internacional e faz vaquinha para conseguir apresentar o trabalho

O joaquinense Patrick Suhre da Rosa, de 23 anos, é estudante de Direito na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e teve uma pesquisa aprovada no Congresso Latinoamericano de Sociologia, que neste ano acontecerá no México, de 14 a 19 de agosto de 2022. Organizado pela Associação Latinoamericana de Sociologia (ALAS), o congresso internacional bienal, figura como um dos mais importantes espaços de debates e intercâmbio intelectual no campo das ciências sociais.

A pesquisa de Patrick foi aprovada no grupo de trabalho nº 09) Estrutura Social e Dinâmica Demográfica e intitula-se: Colonialidades, raça e gênero: um estudo sobre as recentes migrações africanas e afro-antilhanas em Santa Catarina. Para conseguir apresentar o trabalho, Patrick lançou uma vaquinha online para arrecadar fundos para custear passagem, alimentação e hospedagem.

O graduando é filho de Celio Santos da Rosa e Lorna Suhre (in Memoriam), fruticultores residentes da comunidade de São Sebastião da Várzea, São Joaquim-SC. O percurso escolar e acadêmico do estudante é permeado por desafios de ordem econômica e social, sua formação escolar foi integralmente em escolas públicas, parte dela em zona rural na Escola de Educação Municipal Básica Octávio Antunes de Souza e posteriormente (nível médio) na Escola Estadual Básica Manoel Cruz.  Ademais, desafiando estatísticas, Patrick atuou e contribuiu na cidade de São Joaquim como estagiário no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e como aprendiz na CASAN-Companhia de Água e Saneamento. Hoje,  com destaque acadêmico, o jovem busca representar a sociedade catarinense e a Universidade Federal de Santa Catarina no maior congresso de ciências sociais da América Latina.

O custo da viagem está cotado em R $15.000,00 (quinze mil) reais, este valor inclui os custos destinados à passagens aéreas, hospedagem, alimentação e locomoção durante a estadia no país. 

Se conseguir arrecadar o dinheiro, a pesquisa será apresentada na Cidade do México e terá como objetivo revelar o perfil e as principais demandas de imigrantes e refugiadas negras de origem africana e caribenha que residem na região da grande Florianópolis, tendo como referência empírica os atendimentos realizados nos anos de 2020-2021 pelo Projeto de Extensão “Cadeira Sérgio Vieira de Mello para Imigração e Refúgios”, da Universidade Federal de Santa Catarina, em colaboração com a Defensoria Pública da União.

Ajude Patrick com qualquer valor. Faça um pix através da chave 48991582548 e contribua com essa história!

Conheça o currículo de Patrick

Graduando em Direito na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), pesquisador do “EIRENÈ – Centro de Pesquisas e práticas Decoloniais e Pós-coloniais aplicadas às Relações Internacionais e ao Direito Internacional”, membro do Núcleo de Estudos Críticos de Raça e Interseccionalidades nas Relações Internacionais e no Direito Internacional (NEGRIs), e do projeto de extensão “Núcleo de Apoio a Imigrantes e Refugiados” (NAIR/Eirenè/UFSC). Foi estagiário na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (ALESC) e membro da Sociedade de Debates da UFSC. Atuou no Serviço de Assessoria Jurídica Universitária Popular (SAJU/UFSC), atualmente é estagiário na Defensoria Pública da União (DPU) e pesquisa na área de Direito Internacional Público com ênfase em Reparações no Direito Internacional por conta do colonialismo e da escravidão; Hierarquias de Raça nas Relações Internacionais e no Direito Internacional. Possui interesse nos estudos Decoloniais e Pós-Coloniais; TWAIL; Teoria Crítica da Raça, História e Sociologia do Direito.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.