Sebrae capacita o trade turístico da Serra Catarinense para o mundo dos negócios  

Gestores e empreendedores do turismo na Serra Catarinense estão empenhados na qualificação do trade. O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é o fomentador da proposta de fortalecer as atividades para que a região se desenvolva de maneira integrada. Nesta semana, o grupo participa do Empretec, uma referência mundial no desenvolvimento de características do comportamento empreendedor e identificação de novas oportunidades de negócio.

 

Telmo Camargo atua no ramo de eventos há mais de três décadas. Ele está surpreso com as possibilidades de empreender. “Não sabia de 70% dos ensinamentos repassados aqui. O curso está ajudando a vermos outras chances de empreender, nos incentiva e desafia a pensarmos o negócio de uma maneira diferente”.

 

Para turismóloga da Amures, Ana Vieira, é preciso haver iniciativa e senso empreendedor. “Isso fará a diferença para o desenvolvimento turístico da Serra. Tanto no poder público quanto na iniciativa privada, as pessoas precisam mudar o comportamento e ter atitudes inovadoras. Só assim vamos acelerar o território”.

 

Além do seminário de empreendedorismo, o trade vem participando de missões técnicas para conhecer experiências que tiveram resultados positivos. O coordenador regional do Sebrae, Altenir Agostini, conta que ainda haverá uma capacitação para fazer a gestão estratégica de projetos na área.

 

“No começo do próximo ano, cada um dos 18 municípios da Amures estará com o seu plano turístico finalizado. Teremos um sistema informatizado para gerir o turismo na Serra, e, ainda, faremos o acompanhamento da execução de todas as iniciativas”, explica Altenir.

 

Esse conjunto de atividades e estratégias faz parte de uma abordagem diferenciada para fomentar e qualificar o turismo na região. O trabalho está sendo viabilizado por meio de uma emenda parlamentar da deputada federal Carmem Zanotto e conta com a parceria da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures).

 

Por Catarinas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.