in ,

Depoimento – Conhecer Vinícolas em São Joaquim: Uma experiência inesquecível

Cada vez mais fica evidente uma ascensão no enoturismo na serra catarinense que é a maior atração da região de São Joaquim, o qual tem atraído visitantes para experiencias enogastronômicas repletas de novas sensações e está experiencia em vinícolas de São Joaquim é enriquecida pela exuberância das paisagens, como as araucárias, as montanhas, campos e vinhedos que apresentam um atrativo único. Conhecer algumas das principais vinícolas de Santa Catarina – que ficam a aproximadamente 1.300 metros acima do nível mar, em um ambiente ideal para a vinicultura é o desejo de muitos turistas apaixonados por vinhos com o principal diferencial do Terroir dos vinhos de altitude é o tempo de maturação das uvas, somadas às características do solo e do clima da região, fatores estes que resultam em uvas de características únicas, com  elevado grau de açúcar natural, gerando vinhos com ótima qualidade olfativa e gustativa.

A Blogueira Julia Jasper que mora em Itapema (SC), procurou endereços para bons vinhos e belas paisagens na Serra Catarinense, ela que da dicas de viagens no blog Conhecendo o Mundo. A qual tem aquele desejo incontrolável de estar onde não está. Com alma nômade, ainda não esteve em todos os lugares, mas com certeza estão em sua bucketlist. Ela relata suas experiências no Enoturismo em São Joaquim. Como foi conhecer um pouco da Toscana no Brasil e saborear toda elegância dos Vinhos D’alture, uma das mais expressivas vinícolas da Altitude Catarinense. Com o túnel da recepção, a cúpula de vidro para o sunset e o  amplo restaurante, foi encontrado um nuance espetacular em sua parte estrutural que reúne obras de arte, o rústico e o moderno ao mesmo tempo, além de uma equipe altamente especializada e com vinhos de altitude excelentes, o que transformou a Vinícola D’Alture uma ascensão para o enoturismo de São Joaquim.

Com o conceito de vinícola boutique, a D’Alture busca produzir vinhos de alta qualidade, que expressam tudo que o Terroir da Serra Catarinense tem de melhor a nos oferecer. Neste curto período de tempo a vinícola Boutique D’Alture já conquistou inúmeros prêmios nacionais e internacionais.

A Vinícola D’Alture prima pela elegância em seus produtos e a busca da plena satisfação de seus clientes. O plantio dos seus vinhedos teve início em 2001 e, atualmente, a área abrange 14 hectares de uvas Cabernet Sauvignon, Merlot, Sauvignon Blanc, Chardonnay, Malbec, Montepulciano e Sangiovese. Com o conceito de vinícola boutique, a D’Alture possui uma produção limitada e busca satisfazer os paladares mais exigentes.

Fomos até a  Vinícola Boutique D’alture, que tem como conceito explorar o melhor do Terroir local – considerando o tempo de maturação das uvas, solo e clima da região.

Por um estreito caminho de terra, bem agradável você chegamos ao alto da montanha e também à Vinícola D’alture. A historia da Vinícola começa com a família Chavez, que cultiva uvas e produz vinhos da melhor qualidade há mais de um século. A família inciou a sua trajetória no Penedés na Espanha e posteriormente em um dos vales mais altos e antigos das denominadas D’alture. Uma propriedade que possui  condições semelhantes aos vinhedos da Bolivia, que foram o local de nascimento desta história.

Os primeiros plantios foram feitos em 2001, quando a família Chavez descobriu na Serra Catarinense condições muito semelhantes aos cultivos do Vale de Tarija, na Bolívia – onde a família começou há mais de um século a sua história vinicultura. A aposta deu certo e, em pouco tempo de existência, a Vinícola Boutique D’alture já conquistou vários prêmios.

Pôr do sol encantador 

Na foto, degustando, sentindo os aromas e com esse visual incrível ao pôr do sol.

A degustação é o carro chefe desse lugar, te apresenta os vinhos premiados para degustar, vinhos muito bons por sinal, vários com medalhas de ouro.

Já estivemos três vezes na D’alture: em 2017, 2018 e agora em março de 2019. Gostamos muito de observar as mudanças promovidas na estrutura – o lugar está ainda mais agradável e lindo! Além dos lindos parreirais, há espaços para casamentos, festas, jantares e, em breve, um hotel será inaugurado ali. Já pensou dormir e acordar com uma paisagem dessas?

Todos na D’alture são muito simpáticos e atenciosos: o Juan Carlos e o Adão, por exemplo, não mediram esforços para nos ver com muitos sorrisos no rosto e gargalhando alto. Indico demais fazer uma visita à vinícola no fim da tarde, pois dá para ver um pôr do sol incrível, enquanto degusta um bom vinho (o Montepulciano é o meu preferido) com uma deliciosa tábua de frios.

Fomos tão bem recebidos, foi tão agradável. São muito atenciosos, nos mostram tudo com tanto entusiamo, que afirmo que vi isso poucas vezes.

Os proprietários também estão implantando um salão de aromas por lá, que será o terceiro da América. Com isso, poderemos aprender com eles a distinguir o cheiro, que é a essência dos vinhos.

Fomos à degustação dos vinhos

  1. Sauvignon Blanc – Lounge 2013.

Coloração verde palha e aroma Intenso de frutas tropicais com notas de cítricas de pêras e maracujá

     2.  Rosé – Lounge 2012. 60% Merlot 40% Cabernet Sauvignon.

É um vinho leve e jovem. Com notas floral e aromas de fruta.

3. Cabernet Sauvignon – Flocos de Neve 2013. Passa somente pelo tanque de inox.

Aroma frutado de  cereja, amora, framboesa e ameixa. Vinho macio.

4. D’alture Duo 2103. 50% Merlot 50% Malbec. 14 meses em barrica de carvalho francês de 1º uso.

Na boca, frutas negras como mirtilo, ameixa e amoras silvestres.

5. D’alture Duo 2013 Merlot 2013. 8 meses em barrica de carvalho francês. Medalha de prata.

6. D’alture Trio 2013. 50% Cabernet Sauvignon 25% Merlot 25% Malbec. 14 meses em barrica de carvalho francês. (Dos vinhos que degustamos, esse foi o que mais gostei).

Frutado, ressaltando amoras maduras, além de notas de tabaco, especiarias e passas. Cor vermelho intenso com tons negros.

7. Cabernet Sauvignon 2013.

O aroma é frutado ressaltando frutas vermelhas, ameixa, café e chocolate obtidos da maturação por 10 meses em barrica de carvalho francês.

De todas as degustações nas vinícolas da serra catarinense, essa foi a que apresentou mais rótulos.

Embora quem protagonize as visitações sejam os vinhos e suas curiosidades, não se esqueça que em locais onde há muito vinho sempre haverá boa gastronomia. Os turistas também encontram uma ótima experiência gastronômica na vinícola

A vinícola ainda oferece jantares e almoços, fiquei com vontade de experimentar, vi o menu por lá e era bem atrativo.

Com almoço harmonizado.Excelente restaurante, comida impecável, capitaneado pela simpatia dos atendentes

 

As barricas são todas de carvalho francês e utilizadas no máximo por 2 vezes. Para os espumantes eles usam os métodos Charmat e Champenoise.

Vinhos excelente, vista incrível, perfeita para um por do sol e vinhos muito saborosos.A atmosfera é inspiradora e a vinícola recebe seus visitantes com uma vista deslumbrante, emoldurada pelos vinhedos.

Um nuance espetacular em sua parte estrutural que reúne obras de arte, o rústico e o moderno ao mesmo tempo.

A vinícola é muito bonita e a localização é excelente, bem próxima da pista.  A experiência alia um encantador pôr do sol ao sabor de elegantes vinhos, se sentir extasiado pelo lugar e pelos vinhos finos de altitude. “apreciar um bom vinho” … Faz bem pra alma!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O craque Neymar realizou seu sonho de fazer participação em sua serie favorita: ‘La Casa de Papel’

Queimadas irregulares causam danos ao sistema elétrico