Com imagem que mostra a força da agricultura catarinense, fotógrafo da Secom de SC vence prêmio sul-americano de fotojornalismo

Ricardo Wolffenbüttel ficou em primeiro lugar do Prêmio New Holland de Fotojornalismo com o registro do agricultor Edésio Voges 

É do fotógrafo Ricardo Wolffenbüttel, da Secretaria Executiva de Comunicação do Governo de Santa Catarina, uma das fotos profissionais vencedoras do 14º Prêmio New Holland de Fotojornalismo. A divulgação do resultado ocorreu na noite desta quinta-feira, 22, em uma cerimônia virtual de premiação transmitida para o Brasil, Argentina e Colômbia. Wolffenbüttel ficou em primeiro lugar na categoria Campo, com a foto feita durante uma produção multimídia para marcar o dia do produtor rural.

Junto com a conquista do profissional, o Governo de Santa Catarina homenageia o talento, o trabalho do homem do campo e as ações do Estado para apoiar a agricultura catarinense. 

Poderia ser um dia comum de trabalho para o agricultor Edésio Voges e para o fotógrafo Ricardo Wolffenbüttel, mas aquela sexta-feira – em julho de 2020 e em meio à pandemia de Covid-19 – aproximou os dois de maneira especial. Ao cuidar da terra, colher hortaliças e conduzir o trator pela extensa propriedade onde cultiva orgânicos, em Santo Amaro da Imperatriz, seu Edésio foi quem capturou primeiro a admiração e a sensibilidade do profissional que estava ali para fazer o registro daquela rotina em fotos e vídeos. Mais que um personagem, Wolffenbüttel revelou um genuíno exemplo de trabalho e resiliência. “Mesmo de máscara, seu Edésio tinha uma expressão forte e uma mensagem sábia que serve para o contexto da pandemia e para a vida: que respeitar os ciclos, já é um caminho para a cura, oferecido a nós também pela terra e pela natureza, basta que tenhamos responsabilidade pelas nossas escolhas. A foto traz todo esse significado”, conta. 

>>> Mais fotos feitas na propriedade de Edésio Voges aqui 


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Para somar, o clique que garantiu o registro premiado, entre mais de duas mil fotos concorrentes, teve outras condições favoráveis. “O cenário estava perfeito, o dia e a luz eram lindos. Tecnicamente, a cena tinha elementos ideais para fazer uma boa foto”, lembra Ricardo Wolffenbüttel. 

Além da beleza e talento, a imagem premiada em um dos mais importantes concursos de Fotojornalismo da América do Sul também é capaz de mostrar o esforço e o trabalho que estão envolvidos em cada atividade da agricultura catarinense. Seu Edésio está entre os milhares de produtores que são apoiados e incentivados por meio das ações do Estado. Pesquisas, técnicas e opções para o cultivo de alimentos saudáveis também são apresentados e estimulados nas mais diversas culturas cultivadas, como forma de aumentar a renda nas propriedades e o consumo de alimentos com menos componentes nocivos. 

Apoio a quem produz 

Mesmo em meio à pandemia de coronavírus, Santa Catarina seguiu investindo na produção de alimentos e no fortalecimento da agricultura e da pesca. Para este ano, os recursos anunciados para o meio rural e pesqueiro são de R$ 104,8 milhões, distribuídos em novos programas de crédito, apoio à ampliação da produtividade, regularização fundiária e defesa agropecuária 

No ano passado, a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural destinou R$ 77,4 milhões para programas de fomento agropecuário, melhorias do processo produtivo e apoio aos agricultores e pescadores. Foram quase 79 mil famílias beneficiadas em todo o estado. Além do investimento nas cadeias, também foram injetados R$ 43,5 milhões, com apoio da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), para minimizar os danos causados por eventos climáticos extremos, como tornados e estiagem. 


Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Epagri: cuidado diário ao pequeno produtor 

Atender agricultores familiares como o seu Edésio é a função principal da Epagri, por meio dos mais de 700 extensionistas e 150 pesquisadores que atuam na empresa. São mais de 30 anos de dedicação exclusiva e permanente ao pequeno produtor para cumprir com o propósito de promover preservação, recuperação, conservação e utilização sustentável dos recursos naturais, além do incentivo a práticas que aumentem a renda e a qualidade de vida nas propriedades. Santa Catarina conta com mais de 1,4 mil propriedades orgânicas certificadas. 

O Prêmio 

Na sua 14ª edição, o Prêmio New Holland de Fotojornalismo premiou imagens de fotógrafos profissionais e fotógrafos amadores residentes nos países da América do Sul.

O Prêmio New Holland de Fotojornalismo é um projeto cultural apoiado pela Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria Especial da Cultura e patrocinado pela New Holland Agriculture e pelo Banco CNH Industrial, com realização da Mano a Mano Produções Artísticas.

Inicialmente restrito ao Brasil, o concurso foi ampliado primeiramente para o Mercosul e, ao completar 10 anos, para toda a América do Sul, tornando-se o principal concurso fotográfico desses países. Além da premiação, o projeto realiza exposições fotográficas itinerantes pelas cidades dos países participantes.

Por Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa Secretaria de Estado de Comunicação – Secom

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.