in

Tragédia – Pai e filho morrem queimados em incêndio na Serra Catarinense

Um fato profundamente triste ocorreu durante a madrugada desta última segunda-feira (01) quando o pai e filho morreram queimados durante um incêndio que teria iniciado por volta da 1h17min, segundo o que apurou o site Notícia no Ato.

O Incêndio ocorreu no bairro Santa Clara, na cidade de Lages, deixando duas pessoas mortas sendo pai e filho. Que tiveram seus corpos recolhidos e levados para o IML.

Na casa morava o pai juntamente com seus seus filhos, (ao que tudo indica) seriam 03 crianças, sendo que uma delas morreu carbonizada junto com o pai, a outra foi socorrido e levada para o hospital e a possível terceira criança não foi encontrada.

Bombeiro fazendo o rescaldo próximo a um berço na casa queimada…

ATUALIZAÇÃO:

A guarnição do corpo de Bombeiros foi acionada durante o início da madrugada, na rua Natalício Paes de Farias, no Bairro Santa Clara na cidade de Lages para atender a um incêndio em residência, chegando ao local foi verificado que o fogo se encontrava ainda na fase de crescimento, não sendo possível o ataque direto, pois já havia consumido aproximadamente 90% da residência.

Foi então montado uma linha adutora e dado o início do combate ás chamas de forma indireta. Quando foi possível, os bombeiros conseguiram acessar a garagem (porão) da residência e fizeram um acesso pelo assoalho para poder combater as chamas pelo interior da residência.

Posteriormente os Bombeiros receberam a informação de que poderia haver vítimas no interior da casa, iniciando-se as buscas desde o início da operação, foi encontrado um corpo de um homem adulto carbonizado perto da porta principal de entrada..

De imediato, foi solicitado o IGP no local e continuado o combate às chamas. Logo após uma criança de aproximadamente 02 anos (menino), que estava na casa do vizinho disse que correu da casa em chamas, foi solicitado apoio da USB do SAMU, a qual atendeu a criança e conduziu para avaliação médica no Hospital Infantil Seara do Bem.

A referida criança salientou que “tinha mais 2 irmãos”, e que não sabia onde estavam. Foi continuado o rescaldo, já com o IGP, o Perito Rogério Nappi e seus auxiliares, logo após uns instantes a guarnição avistou um corpo de uma criança carbonizada, menino de 7 anos. Foi realizado buscas com cautela e no sistema de descarte de áreas já investigadas e após 2 horas de trabalhos.

Antes das 08h da manhã, os trabalhos de buscas foram reiniciados, com intuito de localizar a possível terceira vítima, haja visto que, não exisitia a confirmação de que a cirnaça estaria na casa, na casa de parentes ou vizinhos. Ainda na madrugada, Bombeiros, IGP e Policiais realizaram buscas nas redondezas, na área de mata contando com a possibilidade de a criança ter saído de casa. Cabe ressaltar que a carbonização provoca uma redução significativa no corpo de uma pessoa, ainda mais uma criança de 5 anos. Após buscas minunciosas no material incendiado, o corpo foi localizado e acionado o IGP para os procedimentos de praxe.

Com informações de Notícia no Ato e Corpo de Bombeiros

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Villa Francioni tem rótulos premiados na maior prova às cegas de vinhos brasileiros

Apoiadores realizam carreata com o Deputado Valdir Colatto em São Joaquim