Fibromialgia: dor crônica e cansaço no corpo são os principais sintomas da doença

Imagem: reprodução pixabay.com

Aprenda a identificar e conheça os melhores tratamentos para combater a fibromialgia

Ainda tem muita gente que não consegue identificar os primeiros sintomas da fibromialgia, mas de acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, essa doença atinge mais de 7 milhões de brasileiros.

Mais frequente em mulheres, as primeiras manifestações são dores fortes e constantes no corpo e sem qualquer motivo. Porém, a fibromialgia é uma doença crônica, que não tem cura, mas tem tratamento.

Vale lembrar que o diagnóstico e o tratamento de fibromialgia correto só pode ser feito pelo reumatologista.

O que é a fibromialgia?

A fibromialgia é uma síndrome dolorosa crônica que causa dores no corpo. Os primeiros sintomas costumam aparecer entre 30 e 50 anos e em maioria nas mulheres.

Além das dores, outros sintomas também podem aparecer, como:

  • fadiga

  • depressão

  • ansiedade

  • dor de cabeça

  • alterações de ritmo intestinal

  • sono não reparador

Causas da fibromialgia

Alguns fatores genéticos e ambientais podem ser algumas das causas da doença. Algumas pessoas relatam que desenvolveram a fibromialgia depois de um gatilho mental, como trauma emocional ou físico.

Além disso, algumas pessoas que têm a doença, possuem uma resistência à dor mais reduzida, levando a uma alteração na percepção da mesma.

Como ter o diagnóstico certo?

O diagnóstico é feito por exames clínicos, pois não tem exame laboratorial que faça o diagnóstico da fibromialgia. Entretanto, é preciso fazer diversos exames para descartar outras doenças que podem ser confundidas com a fibromialgia.

É sempre necessário uma avaliação reumatológica para ter um diagnóstico adequado.

Tratamentos

O tratamento para a fibromialgia deve ser feito de maneira multidisciplinar, com medicamentoso e não-medicamentoso.

Medicamentoso

O tratamento medicamentoso consiste em associar analgésicos comuns, com opióide, relaxantes musculares e moduladores de dor. Essa medicação só pode ser receitada pelo médico!

Não-medicamentoso

Esse tratamento consiste na realização de atividades físicas aeróbicas em conjunto com uma abordagem psíquica cognitiva-comportamental.

É bastante comum uma pessoa com fibromialgia começar uma atividade física e ficar desmotivada, uma vez que as dores podem piorar. Mas o ideal é continuar se exercitando, já que os benefícios no médio/longo prazo são muito maiores.

A atividade física ajuda:

  • no alívio da tensão muscular

  • no ganho da qualidade do sono

  • na redução do estresse e ansiedade

  • na melhora da disposição física

 Recomendações para quem tem fibromialgia

Seguir algumas dicas é sempre importante para não agravar os sintomas. Entre elas estão:

  • evite carregar peso

  • fuja de situações que possam causar estresse

  • elimine o que pode atrapalhar o seu sono, como luz e barulho

  • faça exercícios físicos regularmente

  • procure posições confortáveis quando ficar sentado por muito tempo

  • busque ajuda psicológica

Fonte: Dr. Marcus Yu Bin Pai – Médico especialista em Fisiatria e Acupuntura.

Aline Matos

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.