Novas multas de trânsito já estão valendo: conheça as 3 atualizações

Divulgação

De acordo com as novas mudanças estabelecidas no Código Brasileiro de Trânsito, a partir de agora, as multas aplicadas a veículos de carga contam com uma flexibilização, já que, agora o fabricante deverá apresentar o limite de peso por eixo.

No entanto, caso a determinação não seja cumprida, a inflação somará quatro pontos na carteira de habilitação do condutor, além disso, será cobrada uma multa no valor de 130 reais e 16 centavos, mais o valor adicional do sobrepeso.

Sendo assim, o indicado é que o motorista confira todo o peso da sua carga antes de pegar estrada, e certifique-se se está de acordo com a quantidade permitida no Código Brasileiro de Trânsito.

Outra implementação importante diz respeito aos casos de não identificação do condutor. Nesse caso, o valor da multa será cobrado em dobro.

Apesar de parecer errado, isso é pertinente, já que a identificação do motorista é um processo obrigatório no registro de veículos de pessoa jurídica e, caso contrário, a penalização poderá ser ainda maior.

Efeito suspensivo

Além dessas mudanças mencionadas acima, ainda existem mudanças relacionadas ao efeito suspensivo. A partir de agora, enquanto um processo administrativo estiver em curso, o condutor não poderá ter sua habilitação bloqueada.

Isso quer dizer que a suspensão do direito de dirigir só será possível quando o processo for inteiramente concluído, no entanto, vale destacar que isso não se aplica aos casos de cassação de documento.

Pontuação e renovação da CNH

Por fim, vale destacar que a CNH também sofreu algumas alterações. A partir de agora, existem novos prazos para a renovação do documento, e uma maior flexibilização em relação aos pontos acumulados na carteira de habilitação.

Prazos para a renovação da CNH

Pontos na carteira de motorista

Com informações: Concursos Brasil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.