Julho terá maior superlua do ano e passagem de cometa; Confira onde observar em SC

Foto: Unsplash

O mês de julho chegou com dois fenômenos aos amantes do espaço O mês terá uma superlua conhecida como “lua dos cervos” e a passagem do cometa K2, que poderá ser visto da Terra, segundo informações da NASA.

Na quarta-feira (13), a maior superlua de 2022 poderá ser observada. A Lua dos Cervos leva este nome por conta dos chifres que crescem na cabeça dos cervos na mesma época do ano nos Estados Unidos.

A superlua será facilmente visível, bastando que o dia esteja com o tempo limpo, de acordo com o doutor em física e professor de astrofísica da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) Alexandre Zabot.

“A lua ficará um pouco maior e há diferenças em seu brilho que fica mais intenso”, explica Zabot.

Cometa K2

O cometa, também chamado de Pan-STARRS pelos cientistas, poderá ser visto no dia seguinte à superlua, na quinta-feira (14). A classificação, segundo Zabot, é de magnitude 9, classificação feita conforme o brilho do corpo celeste.

Por conta da intensidade, o Pan-STARRS não será visível a olho nu em nenhum local do mundo. Somente astrônomos amadores com experiência em telescópios poderão visualizá-lo, segundo Zabot.

“Como todos os cometas em geral ele acaba sendo mais visível no entardecer quando o sol está se pondo ou no amanhecer”, finaliza o professor.

De acordo com a Organização EarthSky, uma plataforma americana de informações sobre o céu, o cometa K2 vem se aproximando da Terra em direção ao Sol e agora finalmente poderá ser visto. Ele foi descoberto em maio de 2017.

Quando o viram pela primeira vez, os cientistas constataram que o K2 estava entre as órbitas de Saturno e Urano. O cometa estará mais próximo do Sol vários meses depois, em 19 de dezembro deste ano. Com um pequeno telescópio, de acordo com a EarthSky, será possível localizar o cometa em todo o planeta.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.