Javali selvagem ataca menina de 10 anos numa praia em Espanha

(ARQUIVO) SYLVAIN CORDIER / GETTY IMAGES

Um javali selvagem atacou esta segunda-feira uma menina de 10 anos que estava a brincar com outras crianças na praia de Cadaqués, em Girona.

O ataque aconteceu na noite de segunda-feira, altura em que a praia se encontrava cheia de gente, quando um dos javalis selvagens se dirigiu à praia em busca de comida.

Várias testemunhas contam que as crianças, incluindo a vítima, ficaram assustadas quando viram o javali, tendo começado a correr. Outros afirmam que o animal estava assustado.

A menina foi socorrida por membros do Sistema de Emergência Médica (SEM) no local e, depois, encaminhada para o Hospital de Figueres, para suturar as feridas na perna causadas pelo animal.

É comum, desde 2013, avistar javalis na praia de Portlligat ou em redor de Cadaqués à procura de comida. No entanto, os animais nunca tinham atacado uma pessoa.

“Estamos no meio do Parque Natural de Cap de Creus, com uma seca brutal, e eles estão à procura de comida e água“, disse a presidente da Câmara Municipal de Cadaqués, Pia Serinyana.

A responsável lamentou ainda o sucedido, explicando que tanto a menina como os pais estão muito assustados. “Estes animais têm presas que podem causar muitos danos e foi isso que aconteceu”, continuou.

Pia Serinyana, que pediu uma reunião urgente com os Agentes Rurais, disse ainda que um dos principais problemas é que há pessoas que alimentam os javalis.

“As pessoas não estão conscientes de que são animais selvagens, estamos a impor sanções porque senão não há forma de controlar. Mas, mesmo assim, continuam a alimentá-los e enquanto encontrarem algo para comer na aldeia, continuarão a vir“.

Cadaqués é uma pequena cidade de cerca de três mil habitantes, que tem uma população de cerca de 30 mil no verão. Com um número tão grande de pessoas, as ações são complicadas, mas agora a prioridade para a presidente da câmara “é impedir que o javali que atacou a menina volte para a praia”.

“Depois do que aconteceu, temos de agir rapidamente e tomar medidas mais drásticas”, disse.

Fonte: Sic Notícias

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.