Saúde mental e intestino: Qual é a ligação entre eles?

A constipação, também conhecida como prisão de ventre, pode ser causada por diversos motivos : baixa ingestão de líquidos, dieta inadequada, baixo consumo de fibras, sedentarismo, gravidez e, ainda, ansiedade, estresse e depressão. Saúde mental e intestino estão diretamente ligados e podem se afetar. 

Nosso intestino é cheio de neurônios (assim como o cérebro), mais especificamente cerca de 500 milhões, segundo o gastroenterologista Eduardo Antonio André , do Hospital do Servidor Público Estadual, em São Paulo. As curiosidades e semelhanças entre saúde mental e intestino não param por aí. Estima-se que cerca de 90% da serotonina descarregada no corpo é fabricada nesse órgão. A serotonina é um neurotransmissor conhecido como o hormônio da felicidade . 

A depressão não significa que há falta de serotonina no organismo, mas sim que a transmissão do hormônio não está sendo tão efetiva. Este neurotransmissor influencia nossa saúde de várias formas : é capaz de agir e auxiliar na depressão, em enxaquecas, na sensação de saciedade, na atividade sexual e até mesmo na hora de regular o sono. 

A microbiota, também conhecida como flora intestinal, está relacionada à saúde mental e do intestino. Ela é formada por cerca de 100 trilhões de bactérias e “tem papel decisivo na manutenção da saúde. Ela auxilia a digerir alimentos e a nos proteger de infecções”, segundo a microbiologista Regina Domingues, da UFRJ . 

Essa parte do intestino interfere na probabilidade de desenvolvermos problemas neurológicos, caso não esteja em seu funcionamento normal. Isso pode acontecer com a ingestão de gorduras, por exemplo, que pode facilitar o desenvolvimento de bactérias ruins. 

Ou seja, saúde mental e intestino estão interligados. Um pode influenciar o outro e tornar o intestino preso uma questão cíclica. 5 Saiba como evitar os problemas no intestino e situações que possam ser causadoras de estresse e ansiedade.

Saúde mental e intestino: Como se preservar

Cuide da sua alimentação

Ter uma alimentação saudável e balanceada é um dos fatores primordiais para o bom funcionamento do intestino e auxilia na saúde mental. 5,6 Ingira bastante água e dê prioridade para a ingestão de fibras, que aumenta o volume fecal e estimula o crescimento de bactérias benéficas para o órgão. Evite frituras e gorduras maléficas.

Pratique exercícios físicos

A prática regular de exercícios físicos diminui o risco de doenças e reduz níveis de hormônios estressantes, como adrenalina, noradrenalina e cortisol . 7 Além disso, promove a liberação da endorfina, que proporciona sensação de bem-estar, euforia e alívio. E os benefícios não param por aí! Eles também trazem benefícios para o bom funcionamento do intestino .

Atente-se à sua respiração

A respiração está ligada às nossas emoções e podem até ajudar a regulá-las . 8 Quando estamos ansiosos, tendemos a inalar o ar mais rapidamente e de maneira rasa. Conscientemente, é possível controlar a respiração. Em momentos de estresse, procure inalar e soltar o ar com calma, prestando atenção no funcionamento dos pulmões

Cuidar da sua saúde mental e intestino é essencial para o bem-estar. Se você gostou do texto, compartilhe nossas dicas!

Fonte lactulona

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.