SC tem 25 pacientes na fila por leito de UTI, diz Saúde

Taxa de ocupação de leitos de UTI pediátricos aumentaram em SC — Foto: Bruna Borges/Comunicação HIJG/ASCOM SES

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou nesta quinta-feira (9) que 25 pessoas aguardam vagas de leitos de UTI em Santa Catarina. De acordo com o órgão, 16 delas são crianças e bebês, número que corresponde a 64% dos pacientes totais. Na última semana,o Estado decretou situação de emergência por superlotação de hospitais.

A pasta afirmou, no entanto, que todos que aguardam por transferência “estão sendo plenamente assistidos”.

Segundo o relatório, oito crianças, nas regiões da Grande Florianópolis, no Sul, na Serra e no Oeste buscam por leito de UTI pediátrica SUS. Dessas, quatro apresentaram problemas respiratórios.

Em relação à UTI neonatal, oito pacientes estão aguardando transferência. Destes, cinco apresentaram problemas respiratórios (divisão por região abaixo).

Por conta da pressão nos hospitais e o aumento das internações, o governo de Santa Catarina decretou situação de emergência na saúde na sexta-feira (3). O objetivo do decreto, que valerá por 90 dias, é acelerar as ações de contenção da alta demanda nas emergências das unidades de saúde e abrir novos leitos.

Adultos à espera de vaga

Há também, segundo a SES, nove pacientes adultos aguardando por leito de UTI nos hospitais catarinenses, sendo que cinco são relacionados a doenças respiratórias e quatro têm necessidade de serviços especializados para outras enfermidades.

Eles estão divididos nas regiões do Vale do Itajaí (3), Serra (1) e Oeste catarinense (1).

Superlotação

Segundo o painel de leitos, atualizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) às 11h desta quinta-feira, das 1.053 vagas classificadas de UTI no Estado, 1.021 estavam ocupadas, representando 96,96% do total.

Nas regiões da Foz do Rio Itajaí, a taxa de ocupação chegou a 100% (veja o mapa abaixo). Apesar da fila, segundo a SES, os pacientes estão recebendo atendimento.

Fila de espera por região:

  • Neonatal: 2 no Sul, 4 no Vale do Itajaí e 2 no Grande Oeste catarinense.
  • Pediatria: 1 na Grande Florianópolis; 1 no Sul, 1 na Serra, 1 no Meio Oeste e 4 no Grande Oeste.
  • Adulto: 1 no Vale do Rio Itajaí, 2 na Foz do Rio Itajaí, 5 na Serra e 1 no Grande Oeste.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.