OVNI piramidal é genuíno, afirma o Pentágono

Uma série de imagens e vídeos recém-surgidos de objetos voadores não identificados filmados pela Marinha dos EUA foram confirmados como autênticos pelo Pentágono.

Enquanto muitos geralmente se referem a avistamentos misteriosos como OVNIs, o termo mais moderno usado é ‘Fenômenos Aéreos Não Identificados’ (FANIs), e a comunidade de inteligência os leva muito a sério.

Embora os OVNIs sejam um tema estigmatizado — associado a teorias da conspiração e entrelaçados com a cultura pop — o fato é que os FANIs, às vezes também chamados de Veículos Aéreos Anômalos (VAAs), são, no entanto, muito reais, representando avistamentos documentados de fenômenos que nem os observadores militares nem científicos podem facilmente identificar.

Os avistamentos recém-surgidos, originados pelo cineasta Jeremy Corbell e pelo repórter George Knapp, incluem imagens de uma misteriosa nave “em forma de pirâmide” observada voando pelo céu, juntamente com imagens de outros três objetos estranhos, um dos quais parece ter sido compartilhado online no ano passado.

Embora ninguém saiba ao certo quais são essas visões enigmáticas, o Pentágono pelo menos confirmou que as imagens são genuínas: são fotografias autênticas e filmagens de FANIs capturados pela Marinha dos EUA.

“Posso confirmar que as fotos e vídeos referenciados foram feitos pelo pessoal da Marinha”, disse a porta-voz do Pentágono, Susan Gough, em um comunicado distribuído a vários meios de comunicação.

“A UAPTF (Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados, na sigla em inglês) incluiu esses incidentes em seus exames [que estão] em andamento.”

Mas enquanto o Pentágono corrobora a autenticidade das imagens, o Departamento de Defesa dos EUA (DOD, na sigla em inglês) não esclareceu nada além disso, mantendo-se de calado sobre o que suas investigações sobre esses objetos estranhos poderia ser.

“Como já dissemos antes, para manter a segurança das operações e para evitar divulgar informações que possam ser úteis a potenciais adversários, o DOD não discute publicamente os detalhes das observações ou das examinações de incursões relatadas em nossas faixas de treinamento ou espaço aéreo designado, incluindo essas incursões inicialmente designadas como FANIs”, disse Gough.

Graças às investigações de Corbell e Knapp, no entanto, mais detalhes podem ser revelado sobre esses avistamentos, incluindo detalhes apresentados em uma série de boletins secretos de inteligência em maio de 2020 pela UAPTF para ensinar o pessoal da Defesa sobre assuntos de OVNIs/UAP.

Nos boletins, um relato com detalhes de observações de um objeto “em forma de pirâmide” (termo de Corbell), filmado pela tripulação do USS Russell na costa de San Diego (EUA) em julho de 2019.

Enquanto o vídeo do incidente mostra claramente um objeto de aparência triangular, que diz estar pairando a cerca de 210 metros sobre da embarcação, um relato do episódio descreve três supostos veículos não identificados voando sobre o navio.

Em outro avistamento, um veículo esférico de algum tipo foi observado pela tripulação a bordo do USS Omaha, voando para o oceano e desaparecendo na água. A documentação da UAPTF sugere que a nave afundou, mas uma busca subsequente na área por submarino não revelou destroços.

Uma série de outros avistamentos — todos registrados no mesmo dia em março de 2019 por um oficial de sistemas de armas F-18 usando a câmera de seu iPhone — revelam três UAPs avistados perto da Estação Aérea Naval Oceana, na Virgínia, EUA.

Os objetos, todos os quais parecem diferentes, passaram a ser conhecidos como a “Esfera”, a “Bolota”, e o “Dirigível Metálico”, e embora alguns tenham especulado que poderiam ser balões meteorológicos ou drones espiões estrangeiros, até onde sabemos, eles permanecem não identificados e ainda são considerados FANIs.

O Pentágono não confirmou. Quando pressionado pelo site de inteligência The Black Vault sobre se esses FANIs ainda estavam categorizados como não identificados, Gough apenas disse: “Não tenho nada mais para dizer além do que forneço”.

Embora ainda existam muitas perguntas sobre esses estranhos fenômenos não identificados, as informações recém-vazadas fornecem pelo menos mais evidências de que o DOD continua investigando e considerando os FANIs com seriedade.

Corbell, juntamente com outros da comunidade de inteligência, espera que, ao compartilhar essas informações, reforce que investigações racionais e transparentes são feitas sobre esses objetos misteriosos.

“As recentes interações com FANIs foram colocadas em nosso caminho com propósito, e devem ser encaradas como oportunidades vantajosas para pesquisas futuras”, disse um oficial sênior de inteligência familiarizado com os recentes boletins sobre FANIs a Corbell. [Science Alert]

 

Por Marcelo Ribeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.