AVISO METEOROLÓGICO: INTENSA MASSA DE POLAR AVANÇA SOBRE SC

Imagem Mycchel Legnaghi/ Agência de notícias São Joaquim on line

►CHUVA: O ingresso de uma frente fria, organiza diversas áreas de instabilidades na terça-feira com chuvas acompanhada de trovoadas com risco de alguns temporais (chuva forte, granizo, raios e ventania – tempestades localizadas).

►FRIO: Uma forte massa de ar polar continental (centro de alta pressão) deve dominar as condições atmosféricas na região Sul do Brasil entre os dias 28, 29 e 30 de julho (quarta, quinta e sexta-feira) promovendo dias gelados e ensolarados com formação de geada ampla e até severa em algumas áreas de SC com destaque para os setores do Oeste, Meio Oeste, Serra e Planalto Norte onde as temperaturas mínimas ficam abaixo de 0ºC (temperaturas negativas em varias cidades).

Indicativo de NEVE E CHUVA CONGELADA para o Planalto Sul, Topo da Serra Gaúcha, áreas altas do Oeste e Meio Oeste (Campos de Palmas – próximo ou acima de 1000 m de altitude) na noite de quarta e entre a madrugada/manhã da quinta-feira (29/07) devido o ar polar e úmido na baixa atmosfera. Condição propicia a formação de sincelo nos Morros mais elevados do topo do Planalto Sul.

Formação de geada ampla entre as madrugadas e manhãs/noites com destaque para os setores do Oeste aos Planaltos e de forma menos abrangente no Litoral e Vale do Itajaí.

TEMPERATURA: Máximas variando entre 6/9ºC no Oeste e Meio Oeste, 9/11ºC no Planalto Norte, 0/4ºC no Topo da Serra, 3/6ºC na região de Lages, 10/13ºC no Litoral Sul e entre 13/16ºC no Litoral Norte e Vale do Itajaí. No auge do frio, mínimas oscilando entre 2/-5ºC na maior parte de SC e nas áreas frias tradicionais do Oeste, Meio Oeste e Planaltos com valores de mínimas entre -5-/8ºC ou até menos (grande chance de quebrar de quebrar o recorde do ano em Bom Jardim da Serra). Pontuais de -9/-12ºC no Topo da Serra catarinense.

É importante o acompanhamento no Canal do Tempo e Meteorologista Piter Scheuer assim como site e mídias sociais de Piter Scheuer e Ronaldo Coutinho.

Atenção: bananicultores, fumicultores, hortas comerciais, plantas ornamentais, frutas tropicais (maracujá entre outras culturas), variedades precoces de frutas de clima temperado (danos por geada), pisciculturas tropicais, maquinário agrícola (anticongelante) nas áreas frias do Oeste e aos Planaltos Norte e Sul.

Atenção à população carente, especialmente aos moradores de rua nas grandes cidades de SC. Risco de hipotermia.

Piter Scheuer e Ronaldo Coutinho

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.