Reconhecimento a um artista serrano: o gaiteiro Otálio Proença de Lima

A família de do Senhor Otálio Proença de Lima presta homenagem ao grande artista que faleceu semana passada aos 75 anos, ele que quando jovem era gaiteiro e fez parte da fundação dos Serranos. Serviu ao Exército Brasileiro, trabalhou na antiga rádio difusora, onde lá além de trabalhar sempre que podia adorava poder tocar, cantar, demonstrava muito amor a musica mesmo não podendo seguir em frente com sua carreira artística, como músico, mesmo assim guardava no coração as lembranças que tinha do seu tempo de musico onde reunia pessoas para assisti-los, se dedicava ao grupo Querência Serrana e as festas que tocavam nas cidades de São Joaquim, Bom Jardim da Serra e na ragião  mesmo com todas as dificuldades.

O tempo passou e mesmo assim sempre que podia pegava sua gaita e se realizava no que ele mais amava. Ele sofria com problemas pulmonares há anos e no dia 19 de junho de 2019, veio a falecer vítima de um enfisema pulmonar grave.

A família prestou um linda homenagem à ele:

Obrigado por ter sido companheiro de prosa,por me acompanhar e ver meu crescimento,comemorar comigo minhas conquistas, obrigado por ter ajudado a me tornar o que sou hoje,sou muito grata por todos os momentos,todas as conversa,os abraços,as brincadeiras de infância,os sorrisos que demos juntos,vou guardar todas as lembranças no meu coração como de quando eu não  queria ficar na escola e la ia o senhor me buscar com o famoso fusquinha branco( o qual quando meu coração via que ele apontava na rua pulava muito dentro do peito quando chegava pra visitar a gente ), lembro quando o senhor me ensinou a tocar uma música em um pianinho de brinquedo que eu tinha e nunca vou esquecer essa música e este momento, lembro das tarefas da escola q o senhor ajudava,lembro das conversas q tínhamos quando eu ia cuidar do senhor (e olha q ficávamos a tarde inteira achando assunto e tomando café naquela xicrinha pequena de sempre com aquele pires colorido), lembro de quando falei q ia começar o Colégio agrícola q o senhor deu apoio e me falou q tudo ia dar certo e realmente deu mesmo estou a alguns passos do dia da formatura e ficarei muito triste por o senhor não estar neste momento comigo, mas eu sei q la do céu o senhor está me olhando e comemorando junto, espero q sempre me proteja e acompanhe sempre comigo minhas vitórias,sentirei muita saudades vô do grande guerreiro, grande gaiteiro e avô q o senhor foi pra mim e o guardarei sempre no meu coração,amo o senhor e descanse em paz e que esteja tocando um bailão com tudo q tem direito junto com os anjos ai no céu meu querido.

Na foto acima o Senhor Otalio Proença de Lima

Adeus

Caio Fernando Abreu

Ontem chorei.
Por tudo que fomos.
Por tudo o que não conseguimos ser.
Por tudo que se perdeu.
Pelo que queríamos que fosse e não foi.
Pela renúncia.
Por valores não dados.
Acertos não comemorados.
Palavras dissipadas.Apronto agora os meus pés na estrada.
Ponho-me a caminhar sob sol e vento.
Vou ali ser feliz e já volto.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.