Paróquia de São Joaquim: 120 anos de Evangelização

Foto: Mycchel Legnaghi

Os festejos alusivo aos 120 anos de Evangelização da Paróquia de São Joaquim teve início em maio e se estendeu ate domingo 31 julho.

As festas religiosas de caráter tradicional, realizando-se com grande entusiasmo e devoção do povo e com o envolvimento da comunidade, o Pároco Victor, o Padre Ivan, o Padre Pablo e o Diácono Sid, com os Ministros e ministras da sagrada comunhão, os festeiros, bem como os Apostolado da oração e com um número bastante significativo de lideranças leigas que integram as diversas pastorais.

E para encerrar as festividades no dia 31 de julho (domingo) após à Santa Missa Festiva Dominical, houve no Centro Paroquial (salão do padre) um Almoço Italiano e bingo a tarde.

A paróquia de São Joaquim foi fundada em 08 de março de 1902, por decreto de Dom José de Camargo Barros, desmembrada da Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres de Lages, recebendo o nome de Paróquia “São Joaquim da Costa da Serra”.

Crédito: Rogério Melo

O primeiro batizado consta de 1886. A Igreja Matriz, toda construída em pedra ferro, teve a pedra fundamental lançada em 1918, com o início de sua construção em 1934 e término da obra em 1957. Em seus 107 anos de existência teve 10 párocos, auxiliados por 24 vigários paroquiais. A Paróquia São Joaquim possui uma área territorial de 1.897 Km² fazendo divisa com o Estado do Rio Grande do Sul e com os municípios catarinenses de Lages, Bom Jardim da Serra, Urubici e Urupema. A Paróquia é formada por 32 comunidades, sendo nove na cidade e vinte e três no interior do município. 

A História

Se deu início aos alicerces da atual Matriz foi o Padre João Casale, vigário da Paróquia, de 1918 a 1921. As pedras destinadas à grande construção foram tiradas dos morros próximos à cidade e trazidas ao local da obra, por meio de carros de bois.

A edificação ficou paralisada durante a gestão do sucessor do Padre João Casale e, somente anos mais tarde, o Padre João Batista Vieceli, ao assumir a paróquia, deu prosseguimento aos trabalhos que se achavam paralisados. Estes trabalhos só ficaram concluídos após a vinda do Padre Blévio Oselame. 

Há registros de batizados e casamentos administrados em 1892 por Frei Beda Koch e Frei Rogério Neuhauss, este como vigário de Lages. Outras fontes nos indicaram ter sido a paróquia de São Joaquim fundada somente no início deste século, em 1902.

O primeiro Pároco Frei Beda Koch, que assumiu em 1902, sendo, em 25 de abril de 1909, substituído pelo padre Domingos Bonavero. O sucessor do Padre Bonavero foi o Afonso Vergnan, que veio em 1916.

Foto crédito: Ednna Figueiredo

Em 1918 assumiu a Paróquia o padre João Casale; este sacerdote fundou também a primeira Escola paroquial, tendo como professor Hortêncio Goulart. Em 8 de maio de 1921 veio o Padre Ernesto Shutz, que no ano seguinte procedeu à construção da antiga casa paroquial. O Padre João Batista Vieceli assumiu em 1933 e ficou até 1958.

Depois do Padre Vieceli vieram os padres Blévio Oselame e Otávio de Lorenzi, em 1957 e 1969, respectivamente. Estes promoveram a construção da casa das irmãs, o Colégio São José, a Casa de Formação, a nova casa Paroquial, além de outras obras e a conclusão da Matriz.

Padre Victor, padre Ivan, Padre Pablo e o Diácono Sid.

Para o ótimo desenvolvimento das atividades pastorais, a Paróquia de São Joaquim conta com a presença de três padres e com um número bastante significativo de lideranças leigas que integram as diversas pastorais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.