Carlos Moisés reforça pedido de federalização da Rota Caminhos da Neve e recuperação da Ponte das Goiabeiras

O governador do Estado reforçou o pedido de federalização da Rota Caminhos da Neve (SC-114) ao Governo Federal em ofício enviado ao Ministério da Infraestrutura nesta quarta-feira, 20. Carlos Moisés reiterou que o governo estadual é favorável à ação, transformando a rodovia em um corredor turístico entre as serras catarinense e gaúcha.

Com o intuito de otimizar e agilizar os trâmites, o Estado já providenciou a desafetação da SC-114, no trecho entre São Joaquim e o entroncamento com a estrada de acesso a São Sebastião do Arvoredo, por meio da sanção da Lei nº 17.871, de 2019. A medida permite desincorporar a estrada do domínio estadual. A rodovia já consta no Sistema Nacional de Viação e possui os estudos e projetos necessários. Com o processo de federalização, que tramita em Brasília, o trecho da SC-114 se torna BR-438.

O governador também pediu a continuidade das obras da rodovia. Porém, o Governo Federal precisa emitir a Portaria de Absorção da Rodovia BR-438 para que o DNIT conclua os últimos 11 quilômetros da SC-114.

“São melhorias que a Serra catarinense necessita, com prioridade para a recuperação da Ponte das Goiabeiras, na divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, que se encontra em situação extremamente precária”, afirma o governador Carlos Moisés. A ponte está interditada após sofrer diversas quedas.

O principal objetivo da Rota Caminhos da Neve é interligar dois polos turísticos do Sul do Brasil (Florianópolis e Gramado), fomentar a economia das regiões e transformar a BR-438 num importante corredor de escoamento de produção agrícola integrado com a BR-282 e BR-285.

Por Assessoria de Comunicação

Casa Civil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.