Daniela Reinehr apresenta modelo penitenciário catarinense à deputada federal Carla Zambelli

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

A governadora Daniela Reinehr se reuniu com a deputada federal Carla Zambelli, na tarde desta quinta-feira, 22, para apresentar o sistema penitenciário de Santa Catarina. O secretário da Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Lima, também participou do encontro. O Estado possui programas de trabalho e educação para detentos, o que permite a reinserção na sociedade e a remissão da pena. 

Para a governadora, o modelo catarinense pode ser replicado em outras partes do Brasil. “Santa Catarina promove iniciativas de educação e inserção profissional dentro do sistema prisional, que colaboram com o desenvolvimento tanto do Estado quanto das pessoas, que estão trabalhando para se reinserirem quando voltarem ao convívio. Além dessas ações que já existem, seremos pioneiros em uma parceria público privada voltada a iniciativas nesse contexto, em que tiramos o ônus da sociedade, prevenimos problemas durante a pena e reduzimos as chances do detento voltar para o crime após sair da prisão”, afirma. 

De acordo com o secretário Leandro Lima, os resultados positivos do sistema penitenciário catarinense são resultado da execução da pena de uma maneira justa e digna. “Fatores como a valorização dos operadores e do trabalho laboral e o preso em SC trabalhar e devolver parte daquilo que arrecada ao estado, a título de indenização, faz com que o sistema funcione de uma maneira educacional e pedagógica, e também com muita disciplina e controle”, destaca Lima.

A deputada federal, Carla Zambelli, elogiou o modelo de trabalho aplicado para os detentos. “Vim pra cá para conhecer o que a gente tem de melhor na prática. É impressionante como eles conseguem volume de produção, que retorna em um valor que vai para o preso, para a instituição e para a região”, ressaltou.

*Colaborou Gabriela Figueiredo 

Por Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação – Secom Governo de Santa Catarina

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.