Hospital de São Joaquim está pronto para receber pacientes da região

Foto Divulgação/ Notiserra

Menos de 24 horas depois de receber as últimas informações sobre as ações para agilizar os atendimentos da fila de regulação para cirurgias, consultas e exames, a presidente da Amures, prefeita de Palmeira Fernanda Córdova e o presidente do Consórcio de Saúde da Amures, prefeito de Rio Rufino, Erlon Tancredo Costa, foram conhecer, na manhã desta terça-feira (28), a estrutura do Hospital de Caridade Coração de Jesus, em São Joaquim.


A visita técnica contou também com a presença do prefeito de São Joaquim, Giovani Nunes. As autoridades foram recebidas pela superintendente do hospital, Agna Schlesting de Oliveira e pelo presidente João Paulo de Jesus. A visita dos prefeitos foi histórica segundo Agna de Oliveira, pois foi a primeira vez que um grupo de prefeitos esteve na unidade.


“Essa visita técnica nos traz certa segurança, porque os prefeitos não conheciam a estrutura de hospital. Creio que ajudará a abrir horizontes, pois temos um hospital pronto para ajudar atender a demanda da região”, disse Agna de Oliveira. Com 132 leitos ativos, um quadro de 128 colaboradores e 22 médicos, o hospital Coração de Jesus tem leitos de retaguarda, equipe multidisciplinar e inclusive, leitos de longa permanência.
O presidente do hospital lembrou que foram abertos 40 leitos para Covid e reafirmou que a unidade está pronta para receber cirurgias eletivas. “Estamos finalizando a contratualização para cirurgias eletivas com o Estado e com apoio dos prefeitos tenho certeza nos avanços que poderemos ter em favor da comunidade serrana”, destacou João Paulo de Jesus.

Visita Técnica por toda estrutura

Os prefeitos visitaram todas as dependências do hospital, como centro cirúrgico, quartos SUS e privados, sala de recuperação, cozinha e até lavanderia. Erlon Costa disse que, a visita ao hospital revelou não só a estrutura, mas a capacidade de atendimento da unidade. “O que encontramos aqui, nos dá certeza de que precisamos fortalecer os hospitais do entorno de Lages. Esse hospital tem de ter uma melhor atenção da política hospitalar Estado”, defendeu.


Para a presidente da Amures, prefeita de Palmeira Fernanda Córdova, o hospital de São Joaquim revelou uma estrutura que era desconhecida. “Conhecer esta unidade por dentro é bem diferente do que se percebe por fora. Esse hospital pode ser uma referência, pois tem estrutura e equipe técnica. O que se precisa é instrumentalizar melhor alguns serviços e viabilizar os atendimentos”, comentou a presidente da Amures.


Os prefeitos permaneceram por quase duas horas no hospital e conversaram com pacientes que falaram do bom atendimento. Em sendo um dos hospitais mais antigos da Serra Catarinense com quase 100 anos, o Coração de Jesus deverá ter atenção especial da Amures para ajudar a diminuir a longa fila de regulação que em alguns casos, dura mais de três anos.

Com informações: Wagner Urbano/Notiserra

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.