Governo do Estado inicia a construção de 15 casas em Bom Jardim da Serra do Programa SC Mais Moradia

Os tetos para abrigarem 45 famílias do rigoroso frio do inverno, que ficará ainda mais intenso neste mês de junho, serão construídos por meio do programa SC Mais Moradia. A Secretaria de Desenvolvimento Social liberou nesta quinta-feira, 09, a primeira parcela do programa. Os moradores de Bom Jardim da Serra, Entre Rios e Vargeão serão contemplados com 15 residências, cada município, no valor somado de R$ 1.050.000 com recursos do Governo do Estado. 

A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado confirma outros 58 municípios contemplados com o SC Mais Moradia, que terá um investimento total de R$ 70 milhões para a construção de mil casas, com o objetivo de combater o déficit habitacional. As residências terão entre 45 e 50 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha e banheiro e valor total de R$ 70 mil na construção.

“Nosso governo investe na população e o SC Mais Moradia tem orçado a construção de 1000 casas. O déficit habitacional infelizmente é uma realidade, mas temos recursos para investir e trazer mais qualidade de vida para os catarinenses. Há 11 anos não tínhamos um programa voltado para a construção de moradias com recursos do executivo”, ressaltou o governador Carlos Moisés.

Os municípios contemplados com o SC Mais Moradia são os que possuem o menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Social, João Batista Costa, o estado abraça ainda mais a população e investe cada vez mais nas pessoas.

“Vamos entregar mais do que residências, vamos ajudar a devolver a dignidade para os catarinenses com dificuldade. O SC Mais Moradia é exemplo para todo o Brasil e mostra o nosso comprometimento em fazer o melhor para todos. A gestão técnica do nosso governo possibilitou recursos que há anos não eram direcionados para a habitação”, reforça.

O SC Mais Moradia integra o programa Gente Catarina e prevê a construção de casas para pessoas que vivem em situação de pobreza e pobreza extrema. O objetivo é impulsionar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de cidades com os menores indicadores em Santa Catarina. O projeto é destinado aos municípios com IDH até 0,699. São 61 cidades que podem participar desde que indiquem as matrículas de onde as unidades podem ser construídas.

“As famílias beneficiadas pelo SC Mais Moradia vão receber mais que uma casa nova, mas também a perspectiva de um futuro melhor. Todos saem ganhando com um programa tão importante do governo do Estado. Isso mostra que Santa Catarina conta com uma gestão que olha para todos”, falou Pedro Ostetto, prefeito de Bom Jardim da Serra.

A cessão de uso dos imóveis ficará em nome de mulheres. O objetivo por trás da medida é garantir que elas tenham mais segurança em caso de problemas domésticos. O SC Mais Moradia sairá do papel por meio de uma parceria com as prefeituras, que ficarão responsáveis pela doação dos terrenos e a execução dos trabalhos. O cronograma dos pagamentos seguirá a ordem nos dias 4, 21, 27, 28 e 30 deste mês, além das datas estabelecidas para despesas gerais 15, 24 e 29 de junho de 2022.

Por Fabiano Peres
Assessoria de Comunicação Secretaria de Desenvolvimento Social – SDS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.